Operação Fronteiras e Divisas Integradas I: uma nova atuação conjunta interagências

Operação Fronteiras e Divisas Integradas I: uma nova atuação conjunta interagências

Por Anderson Gabino/Diálogo
novembro 09, 2021

A Operação Fronteiras e Divisas Integradas I, realizada entre 13 de setembro e 3 de outubro de 2021, resultou na detenção de 2.975 pessoas e em mais de 55,8 toneladas de drogas apreendidas.

A operação foi coordenada pelo Centro de Operações Integradas da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, com a participação das forças de segurança dos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro, além de agentes federais e estaduais, e militares das Forças Armadas.

Secretários estaduais da Segurança Pública envolvidos na operação, além de representantes de instituições do governo federal, estados e municípios, se reúnem por videoconferência para avaliar os resultados da Operação Fronteiras e Divisas Integradas I. (Foto: Secretaria de Segurança Publica do Paraná)

As ações, deflagradas simultaneamente pelas organizações envolvidas na operação, estabeleceram um novo marco para as ações integradas de grande porte entre interagências, por terem conseguido inovar a forma estratégica de sincronizar as ações no tempo e no espaço.

O secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antônio Carlos Videira, destacou a importância da operação e da integração das forças de segurança para o combate e repressão ao crime organizado. “Alinhada às ações do Plano Nacional de Segurança Pública, a Operação Fronteiras e Divisas Integradas I proporcionou, por meio da integração, uma rigorosa fiscalização e combate aos crimes transfronteiriços, principalmente o tráfico de drogas”, pontuou.

Militares do Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil realizam uma ação de fiscalização em uma estrada do Paraná, durante a Operação Fronteiras e Divisas Integradas I. (Foto: Secretaria de Segurança Publica do Paraná)

 O resultado da operação

Segundo as autoridades envolvidas, a operação foi um grande sucesso, pois durante os 20 dias de trabalhos empreendidos, 2.786 adultos foram presos e 189 adolescentes detidos, bem como 55.891 quilos de drogas apreendidos, além de 424 armas de fogo ilegais, 687 celulares e cerca de 2,8 milhões de maços de cigarros. Ao longo das atividades, também foram recuperados 487 veículos produtos de roubo ou furto e apreendidos outros 1.472 que estavam com irregularidades.

As ações para o cumprimento de mandados judiciais também ocorreram ao longo das fronteiras brasileiras com a Bolívia e o Paraguai. Foram realizadas ações preventivas de busca e fiscalização em portos e aeroportos internacionais de todos os estados envolvidos na operação.

Share