Marinha do Brasil assume comando da Força-Tarefa Combinada 151 no Bahrein

Marinha do Brasil assume comando da Força-Tarefa Combinada 151 no Bahrein

Por Nelza Oliveira/Diálogo
julho 14, 2021

A Marinha do Brasil (MB) assumiu pela primeira vez, em cerimônia realizada em 9 de junho de 2021, o Comando da Força-Tarefa Combinada (CTF, em inglês) 151, uma força-tarefa multinacional de combate à pirataria que provê proteção ao comércio marítimo global em uma área que abrange o Mar da Arábia, Golfo de Omã, Golfo de Áden, costa da Somália e sul do Mar Vermelho.

O Contra-Almirante André Luiz Andrade Felix da MB assumiu o comando do mandato a ser exercido de junho a novembro de 2021, na sede em Manama, Bahrein. O Brasil passa assim a ser o primeiro país sul-americano a ocupar um papel de destaque nessa parceria marítima multinacional para promover segurança em aproximadamente 3,2 milhões de milhas quadradas de águas internacionais, que abrangem algumas das rotas marítimas mais importantes do mundo.

A CTF 151 foi criada em 2009 e é composta atualmente por 34 países, incluindo os Estados Unidos. A força-tarefa é considerada a maior parceria marítima multinacional do mundo.

“As marinhas têm a função primordial de proteger o comércio marítimo. A Força Marítima Combinada [CMF, em inglês], força naval única em sua composição heterogênea, reúne 34 países que compartilham a mesma visão estratégica de preservar a liberdade de navegação e o livre fluxo do comércio legitimado nesta importante região do mundo, zelando pela vida dos navegantes, não importa de onde venham”, disse o C Alte Felix em seu discurso de posse. “Portanto, é uma grande honra e um grande privilégio fazer parte dos esforços das CMF, assumindo hoje o comando da CTF 151. A ocasião ganha ainda mais prestígio pelo fato de ser a primeira vez que o Brasil lidera uma missão de combate à pirataria nesta área de operação”, acrescentou o novo comandante.

 

A Força Marítima Combinada [CMF, em inglês], força naval única em sua composição heterogênea, reúne 34 países que compartilham a mesma visão estratégica de preservar a liberdade de navegação e o livre fluxo do comércio legitimado nesta importante região do mundo, zelando pela vida dos navegantes, não importa de onde venham”, C Alte Felix.

 

Anteriormente, o C Alte Felix esteve à frente do Estado-Maior do Comando do 1º Distrito Naval, com sede no Rio de Janeiro, que tem sob sua jurisdição a área marítima abrangendo os estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais e as ilhas da Trindade e de Martim Vaz. O oficial também foi chefe do Estado-Maior da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) de 2015 a 2016. A FTM-UNIFIL, única missão de paz da ONU de caráter naval, é comandada por brasileiros desde 2011, que é também o único país fora da Organização do Tratado do Atlântico Norte a comandar a missão.

Share