Estados Unidos e Honduras encerram operação contra o narcotráfico

Estados Unidos e Honduras encerram operação contra o narcotráfico

Por AFP
outubro 23, 2020

O chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, o Almirante de Esquadra Craig S. Faller, e o presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, encerraram no dia 19 de outubro uma operação conjunta que teve início em abril passado para combater o narcotráfico, informou o governo.

A denominada “Operação Domínio”, que teve a participação de autoridades hondurenhas e norte-americanas, “desferiu duros golpes contra o narcotráfico e o crime organizado”, disse o governo em um comunicado, sem especificar o número de militares dos países que participaram.

O oficial garantiu que as operações impediram a passagem de 69,2 toneladas de cocaína e mais de seis toneladas de maconha para os Estados Unidos, sem dar maiores detalhes.

O Alte Esq Faller destacou, em um discurso proferido em uma cerimônia em uma instalação militar da capital, que a operação “foi um sucesso” porque foi realizada de forma conjunta.

O líder do Comando Sul dos EUA, encarregado das operações militares dos EUA no Caribe e nas Américas Central e Sul, agradeceu a colaboração das autoridades hondurenhas “para mandar uma forte mensagem ao narcoterrorismo”, palavras que foram traduzidas para o espanhol.

“É importante continuarmos com essa visão de confiança contra o narcoterrorismo e toda a corrupção”, acrescentou.

Hernández também destacou o “sucesso” da operação e a cooperação com os Estados Unidos.

Honduras é um país considerado ponto do tráfico de cocaína por parte dos cartéis que fabricam a droga na América do Sul e a transportam por via marítima ou aérea até o mercado dos Estados Unidos.

Share