Exército colombiano destrói laboratório de cocaína operado pelo ELN

Por Dialogo
maio 07, 2015



A Força-Tarefa Pegaso, da Terceira Divisão do Exército Nacional colombiano, destruiu recentemente um enorme laboratório de cocaína operado pelo Exército de Libertação Nacional (ELN), no estado de Nariño.

Os soldados patrulhavam uma área rural quando encontraram o complexo, formado por nove estruturas equipadas para a produção de toneladas de cloridrato de cocaína.

Eles apreenderam um quilo de cocaína, 15 kg de pasta de coca, 125 kg de soda cáustica, 13.060 litros de ácido sulfúrico, 4.258 l de combustível e um gerador, entre vários suprimentos e equipamentos da instalação operada pela Frente Comuneros del Sur
do ELN. O ELN é o segundo maior grupo guerrilheiro do país e utiliza as receitas do tráfico de drogas para financiar suas atividades terroristas.

O Exército não informou se as tropas capturaram suspeitos durante a operação, que era parte da iniciativa Espada de Honra III.

A Espada de Honra III é uma continuação da iniciativa Espada de Honra, um esforço de contrainsurgência lançado pelas Forças Armadas da Colômbia em 2012 para enfrentar e derrotar os grupos ilegais em todo o país. Sob a iniciativa, os soldados combatem ataques terroristas, desmontam minas terrestres e persuadem guerrilheiros a se desmobilizar e se inscrever em um programa governamental que lhes fornece treinamento para que possam entrar no mercado de trabalho e se reinserir na sociedade.

O Exército solicita aos moradores que usem o disque-denúncia 146 e 147 para informar qualquer atividade suspeita, enquanto prossegue no combate à violência e ao tráfico de mercadorias ilícitas em todo o país.


A Força-Tarefa Pegaso, da Terceira Divisão do Exército Nacional colombiano, destruiu recentemente um enorme laboratório de cocaína operado pelo Exército de Libertação Nacional (ELN), no estado de Nariño.

Os soldados patrulhavam uma área rural quando encontraram o complexo, formado por nove estruturas equipadas para a produção de toneladas de cloridrato de cocaína.

Eles apreenderam um quilo de cocaína, 15 kg de pasta de coca, 125 kg de soda cáustica, 13.060 litros de ácido sulfúrico, 4.258 l de combustível e um gerador, entre vários suprimentos e equipamentos da instalação operada pela Frente Comuneros del Sur
do ELN. O ELN é o segundo maior grupo guerrilheiro do país e utiliza as receitas do tráfico de drogas para financiar suas atividades terroristas.

O Exército não informou se as tropas capturaram suspeitos durante a operação, que era parte da iniciativa Espada de Honra III.

A Espada de Honra III é uma continuação da iniciativa Espada de Honra, um esforço de contrainsurgência lançado pelas Forças Armadas da Colômbia em 2012 para enfrentar e derrotar os grupos ilegais em todo o país. Sob a iniciativa, os soldados combatem ataques terroristas, desmontam minas terrestres e persuadem guerrilheiros a se desmobilizar e se inscrever em um programa governamental que lhes fornece treinamento para que possam entrar no mercado de trabalho e se reinserir na sociedade.

O Exército solicita aos moradores que usem o disque-denúncia 146 e 147 para informar qualquer atividade suspeita, enquanto prossegue no combate à violência e ao tráfico de mercadorias ilícitas em todo o país.
Notícias ótimas. (PERMANENTEMENTE)
Share