Autoridades panamenhas apreendem mais de 2 toneladas de cocaína em dois dias

Por Dialogo
junho 29, 2012


A Polícia panamenha apreendeu duas toneladas de cocaína em três operações realizadas entre os dias 25 e 26 de junho, informaram as autoridades policiais em 27 deste mês.

A maior apreensão foi feita na tarde do dia 26, quando unidades do Serviço Nacional Aeronaval (Senan) depararam-se com 1,78 tonelada de cocaína oculta em uma fossa de cinco metros de profundidade na região pantanosa do Rio Garabito, na província atlântica de Bocas del Toro, na fronteira com a Costa Rica.

Não fizemos detenções nesta operação”, disse aos jornalistas Ramón Nonato López, diretor de operações do Senan.

Esta apreensão soma-se a outra de 175 quilos que a Polícia Nacional fez no mesmo dia dentro de um veículo abandonado pelos criminosos na via principal de um setor de Cristóbal, na província atlântica de Colón.

No dia 25 de junho, o Serviço Nacional de Fronteiras confiscou 142 quilos de cocaína em uma lancha em Jaqué, na região de selva de Darién, fronteira com a Colômbia.

“A droga encontrada nesse local e nesse tipo de fossas seria destinada às Américas do Norte e Central”, disse por sua vez o ministro da Segurança, José Raúl Mulino, destacando que os órgãos de segurança do Panamá já apreenderam este ano mais de 11 toneladas de drogas.

As autoridades acreditam que a droga “pertença a diversas organizações que operam no setor do Caribe na área da Colômbia”, segundo o diretor do Senan, Belsio González.

Segundo o Escritório das Nações Unidas sobre Droga e Crime (UNODC), o Panamá é o terceiro país da região em apreensões de drogas.

Com 52 toneladas confiscadas entre 2010 e o início de 2011, o Panamá representa 8 por cento do total de drogas apreendidas em toda a América, atrás apenas da Colômbia, que apreendeu 211 toneladas (30 por cento do total) e dos Estados Unidos, com 163 toneladas (o que equivale a 24 por cento do total)

Estima-se que 80 por cento das drogas que ingressam nos Estados Unidos passem previamente pela América Central.



Share