México: Morto mentor do ataque ao Casino Royale

Por Dialogo
abril 05, 2012



CIDADE DO MÉXICO — Um dos supostos mentores do violento ataque ao cassino mexicano em que mais de 50 pessoas morreram foi morto em um confronto com tropas, informou o Ministério da Defesa.
“O exército mexicano repeliu um ataque em que Francisco Medina Mejía, vulgo 'O Queimado', um dos mentores do ataque ao Casino Royale, foi morto”, declarou o Ministério em 4 de abril.
Outros três supostos criminosos foram mortos na troca de tiros, que aconteceu na violenta cidade fronteiriça de Nuevo Laredo, no norte do país.
O ataque ao cassino de Monterrey, em agosto último, foi um dos mais mortais em uma onda de crime que já dura cinco anos. Homens armados atearam fogo no prédio lotado e 52 pessoas morreram queimadas ou sufocadas.
Autoridades mexicanas disseram que cinco líderes locais do temido cartel de drogas Los Zetas, incluindo Medina Mejía, planejaram o ataque. Acredita-se que os Zetas ordenaram o ataque depois que o dono se recusou a pagar por proteção.
Em janeiro, as autoridades, que ofereceram mais de US$ 1 milhão (R$ 1,8 milhão) em recompensa, alegaram que haviam capturado três dos cinco suspeitos.

[AFP, 05/04/2012; Eluniversal.com.mx (México), 05/04/2012]

Share