Militares hondurenhos e soldados do Exército dos EUA participam de missão humanitária conjunta

Por Dialogo
agosto 20, 2010



Apesar da vista deslumbrante, dos mares de águas claras e da capital
metropolitana, habitantes das regiões remotas de Honduras não têm muitos dos
serviços básicos.

Para as cidades remotas de Chacalapa e Guadalupe Carney, localizadas no
departamento de Colon, no norte, a qualidade de vida é deficiente devido à falta de
serviços médicos, educação e outras necessidades básicas.

Consciente dos crescentes problemas destas regiões, oficiais militares de
Honduras conduziram recentemente um Programa de Assistência Médica e Cívica, ou
missão MEDCAP, de dois dias, em Chacalapa e Guadalupe Carney, enquanto trabalharam
com um grupo de soldados para Assuntos Cívicos do Exército dos EUA, a fim de
melhorar a qualidade de vida desses respectivos cidadãos.

Durante o evento, dezenas de soldados e médicos militares e civis
hondurenhos, com a ajuda dos soldados dos EUA CA lotados na Companhia B, 98º
Batalhão, 95ª Brigada CA (Transporte aéreo), atualmente sob o controle operacional
do Comando Sul de Operações Especiais (SOCSOUTHCOM), forneceram cuidados médicos
gratuitos para mais de 5 mil cidadãos hondurenhos durante a MEDCAP de dois
dias.

“Estamos aqui para fornecer exames médicos gerais, serviços ortodônticos,
distribuir medicamentos gratuitos e fornecer outras necessidades básicas durante
esta missão”, disse o coronel hondurenho Wilfredo Efruhin Oliva, diretor de Planos e
Assuntos Civis do Estado-Maior Conjunto de Tegucigalpa. “Estamos aqui para trazer
algumas soluções para alguns problemas de saúde desta comunidade e para mostrar às
pessoas que nos preocupamos com elas.”.

O SOCSOUTHCOM é responsável por todas as operações especiais no Caribe,
Américas Central e Sul. Através do Programa de Cooperação e Segurança de Teatro do
Comando, soldados de operações especiais trabalham em conjunto com seus contrapartes
das nações parceiras para que possam proteger melhor as suas fronteiras e aumentar a
sua capacidade de conduzir programas de ação civil tais como as MEDCAPs que tiveram
lugar no Departamento de Colon. O SOCSOUTH é o componente de operações especiais do
Comando Sul dos EUA.

Além de ajudar aos cidadãos locais, a MEDCAP permite que os militares
hondurenhos avaliem a segurança na região e investiguem alguma atividade suspeita. A
localização das cidades é muito remota, e por isto a área tem sido usada como rota
para o tráfico de drogas em toda a região.

“Além de ajudarmos às pessoas, estamos trabalhando para combater o
narcotráfico nesta região”, disse Oliva. “Para que possamos fazer isto, precisamos
ganhar a confiança das pessoas e conversar com elas. Hoje tivemos um bom começo e as
pessoas ficaram gratas, mas isto não basta”.

Para a equipe CA, baseada perto de Fort Bragg, na Carolina do Norte,
trabalhar com os parceiros hondurenhos trouxe dois benefícios tangíveis. O primeiro
foi a ajuda para planejar o evento e dar assistência com a compra de suprimentos
médicos para que os militares hondurenhos os distribuíssem às pessoas gratuitamente.
O segundo foi continuar a aumentar as habilidades e a capacidade dos militares
hondurenhos.

“Nós cooperamos com o planejamento deste evento com os Assuntos Civis
hondurenhos e líderes do governo municipal. Este projeto de ação cívica baseia-se na
solução das necessidades das populações mais vulneráveis. Nós pudemos ajudar com a
compra de remédios e material escolar”, disse o líder da equipe CA.



Share