Exército da Guatemala confisca mais de 3 toneladas de cocaína

Exército da Guatemala confisca mais de 3 toneladas de cocaína

Por Marcos Ommati/Diálogo
maio 21, 2020

O Exército da Guatemala confiscou mais de 3 toneladas de cocaína em diversas operações antinarcóticos realizadas entre os dias 19 e 21 de abril. Duas dessas apreensões tiveram origem na região de Maracaibo, na Venezuela, de onde partiram pequenas aeronaves em voos suspeitos sobre o mar do Caribe, que violaram o espaço aéreo da Guatemala.

No dia 21 de abril, como resultado de uma operação antidrogas no Parque Nacional Laguna del Tigre, no município de San Andrés, em Petén, foram capturados 10 criminosos e cerca de 54 bolsas de cocaína com um peso aproximado de 1,6 tonelada, segundo informação do Ministério do Interior guatemalteco. Um dos detidos foi ferido em uma troca de tiros com autoridades, que também confiscaram uma caminhonete, oito motos, seis cavalos e armas de fogo. Além disso, em outra área próxima ao ponto onde a droga foi encontrada, as forças de segurança também realizaram operações que resultaram na apreensão de uma série de objetos ilícitos, segundo reportagem do site de notícias Publinews.

Outras apreensões

Esse foi o segundo confisco mais recente em Petén, já que no dia 19 de abril, em Las Cruces, as autoridades militares e policiais localizaram os destroços de outra pequena aeronave, de acordo com informação do Ministério Público.

No local foram encontrados os corpos de duas pessoas, que aparentemente eram tripulantes da aeronave, e confiscaram aproximadamente 1,5 tonelada de cocaína.

Em outra apreensão, dessa vez na Bahia de Amatique, em Izabal, membros do Comando Naval do Caribe detiveram e vistoriaram uma embarcação suspeita. Segundo um relatório do Exército da Guatemala, durante uma vistoria realizada por mergulhadores das forças navais especiais, foi detectado um dispositivo cilíndrico conhecido como “parasita”, que continha vários pacotes de cocaína e pesava cerca de 30 quilos.

Share