• Home »
  • Destaque »
  • Escola Superior de Guerra da Colômbia, mais de um século a serviço da segurança e defesa nacional

Escola Superior de Guerra da Colômbia, mais de um século a serviço da segurança e defesa nacional

Escola Superior de Guerra da Colômbia, mais de um século a serviço da segurança e defesa nacional

Por Geraldine Cook/Diálogo
julho 06, 2021

O General de Brigada do Exército da Colômbia Luis Mauricio Ospina Gutiérrez, diretor da Escola Superior de Guerra (ESDEG) General Rafael Reyes Prieto, tem como prioridade fortalecer a qualidade educacional do Comando Geral das Forças Militares da Colômbia, e conversou com Diálogo sobre as projeções acadêmicas.

Diálogo: A ESDEG foi fundada em 1909. Qual é a maior contribuição da escola para a formação dos militares na Colômbia?

General de Brigada do Exército da Colômbia Luis Mauricio Ospina Gutiérrez, diretor da ESDEG: É uma honra termos 112 anos de existência. A maior contribuição que nossa ESDEG faz é ter se estruturado como uma escola de pós-graduação com nossos mestrados em Segurança e Defesa Nacionais, em Direitos Humanos e Direito Internacional dos Conflitos Armados, em Estratégia e Geopolítica e em Cibersegurança e Ciberdefesa.

Diálogo: Qual é o perfil dos alunos que frequentam a ESDEG?

Gen Bda Ospina: Capacitamos os oficiais superiores que se matriculam nos cursos de Altos Estudos Militares, Estado-Maior e Formação Militar. É uma escola onde os majores ou capitães de corveta fazem seus cursos para se tornarem tenentes, coronéis ou capitães de fragata. Também formamos generais e almirantes, que chegam à ESDEG como coronéis ou capitães de mar e guerra; da mesma forma, os membros da sociedade civil também são convidados a participar.

Nossos alunos, quando alcançam seu seguinte grau no campo especificamente militar, lideram as unidades táticas a nível nacional, as unidades operacionais menores ou, em algumas ocasiões, as forças-tarefa. Também temos capacitação para nossos líderes da sociedade civil que exercem funções em tudo o que esteja relacionado à segurança e à defesa nacional.

Diálogo: Que tipo de cooperação acadêmica a ESDEG tem com outras instituições da América Latina e dos Estados Unidos?

Gen Bda Ospina: Nós criamos laços de cooperação e integração com todas nossas instituições homólogas na região. Com base nas orientações de nosso Ministério da Defesa Nacional e com a assistência e o apoio direto do comando Geral das Forças Militares, criamos 66 convênios de cooperação acadêmica. Entre eles, 35 estão vigentes especificamente na Colômbia. Contamos com 32 instituições internacionais, e entre elas temos 14 com a América Latina e o Caribe e cinco com os Estados Unidos, entre as quais estão a Junta Interamericana de Defesa, o Centro de Estudos Hemisféricos de Defesa William J. Perry, o Colégio Interamericano de Defesa, a Escola de Guerra do Exército dos EUA e a Escola de Guerra da Marinha dos EUA. Conseguimos nos aproximar do Comando Especial de Operações Sul dos Estados Unidos, através dos diferentes eventos que eles realizam, especialmente na Colômbia. É importante ressaltar que atualmente contamos com três oficiais norte-americanos que promovem o curso de Estado-Maior.

Diálogo: Qual é a vantagem da ESDEG em comparação com outras instituições similares da região?

Gen Bda Ospina: Temos 112 anos de experiência no campo militar, formando líderes de segurança e defesa. Inicialmente, só recebíamos alunos militares, mas, com o passar do tempo, foram integrados representantes da sociedade civil relacionados com a segurança e a defesa. Neste momento, buscamos a aprovação de nosso doutorado em Segurança e Defesa e queremos poder manter uma projeção não apenas nacional, mas também internacional, que nos permita facilitar a todos aqueles que trabalham na área de segurança e defesa a capacitação em nossa escola.

 

Para assistir à entrevista completa com o General de Brigada Luis Mauricio Ospina Gutiérrez, diretor da Escola Superior de Guerra General Rafael Reyes Prieto, visite o seguinte link: https://dialogo-americas.com/pt-br/articles/general-de-brigada-do-exercito-da-colombia-luis-mauricio-ospina-gutierrez-diretor-da-escola-superior-de-guerra-esdeg-general-rafael-reyes-prieto/

Share