Comandante da Força Aérea de Honduras é incluído no Hall da Fama do WHINSEC

Comandante da Força Aérea de Honduras é incluído no Hall da Fama do WHINSEC

Por Geraldine Cook/Diálogo
maio 17, 2021

Select Language

“O WHINSEC marcou minha vida. Ele me ensinou muitíssimo e eu coloquei em prática o que me ensinaram aqui”, disse o Brigadeiro Javier René Barrientos Alvarado, comandante geral da Força Aérea de Honduras, ao agradecer sua inclusão, no dia 7 de maio de 2021, no Hall da Fama do Instituto de Cooperação para a Segurança do Hemisfério Ocidental (WHINSEC, em inglês), situado em Fort Benning, na Geórgia. “O WHINSEC educa muitíssimos militares e nós podemos levar e pôr em prática essa formação em nossos países […]; a educação é a chave para nossas instituições militares”, acrescentou.

O WHINSEC é um centro de educação superior para oficiais militares internacionais e dos Estados Unidos, bem como para membros de organizações interagenciais. O WHINSEC criou o Hall da Fama para fazer um reconhecimento aos graduados internacionais que conquistaram os mais altos postos em suas forças armadas ou que tenham um posto equivalente de responsabilidade em uma organização militar multinacional.

O Brigadeiro Javier René Barrientos Alvarado, comandante geral da Força Aérea de Honduras, mostra sua foto no Hall da Fama ao Coronel John Dee Suggs, comandante do Instituto de Cooperação para a Segurança do Hemisfério Ocidental. (Foto: Suboficial Vladimir Varlak/WHINSEC)

O Brig Barrientos, que assumiu o comando das Forças Armadas de Honduras em março de 2019, frequentou diversos cursos no WHINSEC entre 2007 e 2008, incluindo o curso de Comando e Estado-Maior para Oficiais, e o curso superior de Operações Conjuntas Combinadas.

O ato foi presidido pelo Coronel do Exército dos EUA John Dee Suggs, comandante do WHINSEC.

“Mais de 25.000 alunos passaram pelas portas do WHINSEC e voltaram a seus países levando consigo, cada um, uma pequena parte do WHINSEC, da alma do instituto”, disse o Cel Dee Suggs durante a cerimônia. “Solicitamos [ao Brig Barrientos] que, enquanto continuar nos mais altos níveis de liderança, que também continue fazendo pressão pelos direitos humanos, direitos constitucionais, boas práticas e Estado de Direito.”

O Brig Barrientos é o 21º oficial a receber essa honraria militar no WHINSEC. Ele iniciou sua carreira militar em 1983 e sua trajetória na instituição o levou ao grau de 2º tenente de infantaria em 1985; um ano mais tarde, ele entrou para a Academia Militar de Aviação de Honduras Capitão Roberto Raúl Barahona Lagos, onde se formou com honrarias.

Em 2010, ele fez estudos militares de operações especiais na Base da Força Aérea MacDill, em Tampa, Flórida, e se alistou como voluntário militar para apoiar o governo dos EUA nos trabalhos iniciais de limpeza e recuperação do marco zero, após a queda das torres gêmeas no dia 11 de setembro.

Share