Pugilista de uma favela no Haiti é convidado a participar dos Jogos da Paz

Boxer from a Slum in Haiti Is Invited to Participate in the Peace Games

Por Dialogo
julho 05, 2011


Para participar dos Jogos Mundiais Militares o atleta precisa integrar as Forças Armadas de seu país de origem. Porém, nessa 5ª edição uma exceção foi concedida.

O pugilista haitiano Evens Pierre foi convidado pelo Comitê Organizador para disputar os Jogos Rio 2011 mesmo com seu país de origem não mantendo uma
Força Militar oficial. Os organizadores decidiram convidá-lo por ter utilizado o esporte a favor de jovens afetados pela violência.

Nascido em uma das favelas mais violentas do Haiti, “Cité Soleil”, na periferia da capital Porto Príncipe, Pierre viu no esporte a chance de ter um destino diferente da maioria das pessoas que crescem em meio a violência e a pobreza. Após perder a casa no terremoto de 2010, o atleta seguiu determinado nos treinamentos graças ao apoio de militares brasileiros.

No Panamá, com transporte oferecido pelo Exército Brasileiro, o pugilista se tornou campeão da América Central, ganhando o cinturão da Associação Mundial
de Boxe, a WBA, na categoria peso pena até 61 kg. “As minhas vitórias aqui servem para mostrar para as pessoas que trocar socos é melhor que trocar tiros”, disse o boxeador.

Mesmo sem um ringue adequado, o lutador não desanima e pretende servir de exemplo para milhares de crianças haitianas. Em entrevista à emissora de
televisão Rede Globo no ano passado, Pierre mostrou o potencial de influência que tem naquela parte do país.



Share