República Dominicana apreende 2 toneladas de cocaína e invade 12 propriedades do narcotráfico

República Dominicana apreende 2 toneladas de cocaína e invade 12 propriedades do narcotráfico

Por Lorena Baires/Diálogo
julho 27, 2021

A República Dominicana desestabilizou as redes do crime organizado e do narcotráfico em junho. Em diversas operações, as autoridades apreenderam 2.009 quilos de cocaína e realizaram uma série de incursões em imóveis.

No dia 26 de junho de 2021, a Direção Nacional de Controle de Drogas (DNCD) relatou a apreensão de 173 kg de cocaína em Santo Domingo. Graças a trabalhos de inteligência, os militares interceptaram o motorista de uma camionete quando ele saía de uma casa onde se armazenavam os entorpecentes.

Por outro lado, a Procuradoria Especializada contra Lavagem de Ativos e Financiamento do Terrorismo realizou, no dia 19 de junho, a Operação Duro Golpe, debilitando a estrutura financeira de uma organização narcotraficante. De acordo com um comunicado da imprensa, os militares realizaram 12 incursões simultâneas em imóveis da organização, detendo Franklyn Ravelo e Brayan Alcántara, integrantes da rede criminosa que traficava a droga para o exterior, principalmente para Porto Rico.

A Marinha da República Dominicana, com apoio da Marinha Nacional Francesa, confiscou 501 kg de cocaína a 40 milhas náuticas ao sul da República Dominicana, no dia 18 de junho de 2021. (Foto: Direção Nacional de Controle de Drogas)

As propriedades se localizavam nos municípios de Sabana de la Mar, Hato Mayor del Rey e San Pedro de Macorís. As autoridades invadiram imóveis comerciais, apartamentos e casas, propriedades da rede criminosa. Nos imóveis também apreenderam documentos, contas bancárias e contratos probatórios para a fase seguinte da investigação.

Em outra operação, coordenada com a Marinha Nacional Francesa, militares da Marinha da República Dominicana conseguiram confiscar 501 kg de cocaína no dia 18 de junho. A droga era transportada por dois dominicanos que navegavam em uma lancha rápida a 40 milhas náuticas ao sul da ilha.

No dia 17 de junho, com o apoio da Marinha da República Dominicana, foram apreendidos 278 kg de cocaína no litoral de Bayahibe, província la Altagracia. Segundo a DNCD, a droga foi confiscada de quatro colombianos que também viajavam em uma lancha rápida.

“A cooperação internacional no combate ao narcotráfico tem sido essencial para enfrentar essas redes de narcotráfico; o apoio tem sido determinante. Estamos muito satisfeitos com [a ajuda] via terrestre e aérea. À medida que continuarmos a ter essa coesão e unidade, desferiremos mais golpes contundentes contra essas estruturas criminosas”, disse Carlos Devers, porta-voz da DNCD.

Em uma operação de interdição terrestre realizada no dia 12 de junho na comunidade de Bahoruco, província de Barahona, os agentes antinarcóticos apreenderam 173 kg de cocaína de uma estrutura criminosa que escondia a droga em uma casa da região. Também foram detidas sete pessoas, entre elas um colombiano que não foi identificado, todas vinculadas a uma rede de narcotráfico internacional.

Share