Panamá apreende 3 toneladas de drogas em três dias

Panamá apreende 3 toneladas de drogas em três dias

Por Roberto López Dubois/Diálogo
outubro 22, 2020

O Serviço Nacional Aeronaval do Panamá (SENAN) apreendeu cerca de 3 toneladas de drogas, entre cocaína e maconha, durante várias operações realizadas nas águas panamenhas no final de agosto. Treze pessoas foram detidas, disse à Diálogo o Comissário Ramón Nonato López, diretor do SENAN.

No dia 29 de agosto de 2020, perto da Ilha Ladrones, no Pacífico panamenho, unidades do SENAN, ao receberem inteligência de instituições de segurança da Colômbia, interceptaram uma embarcação de pesca que levava um carregamento de aproximadamente 800 quilos de cocaína. Os cinco tripulantes foram detidos, informou à Diálogo o Gabinete de Imprensa do SENAN.

No dia 28 de agosto, unidades do SENAN responderam a um alerta de tráfico marítimo ilícito emitido pelos EUA da costa da província de Los Santos, no Pacífico panamenho. Ao perceber as forças de segurança, os tripulantes abandonaram a embarcação e fugiram. Foram encontrados a bordo 372 kg de cocaína. Dois cidadãos colombianos foram capturados na praia, declarou o Gabinete de Imprensa do SENAN.

A principal apreensão ocorreu no dia 27 de agosto no nordeste da Ilha Grande, quando unidades do SENAN interceptaram uma embarcação rápida com 1.790 pacotes de drogas a bordo, equivalente a mais de 1 tonelada de cocaína, e cerca de 20 kg de maconha, informou o Gabinete de Imprensa do SENAN. Os cinco tripulantes da embarcação foram detidos. A operação foi realizada graças à inteligência por parte da Colômbia e ao apoio de aeronaves de vigilância dos EUA.

Nesse mesmo dia, unidades do SENAN confiscaram 125 pacotes de maconha escondidos em tanques de plástico, durante uma operação no Clube de Iates de Balboa, na Cidade do Panamá, informou o SENAN em um comunicado.

Entre janeiro e meados de setembro de 2020, segundo dados fornecidos pelo SENAN, a instituição apreendeu mais de 26 toneladas de cocaína e 6 toneladas de maconha. No mesmo período em 2019, foram confiscadas mais de 23,8 toneladas de cocaína e 4 toneladas de maconha, afirmou a instituição.

Share