Resolute Sentinel 21: médicos chegam a Honduras

Resolute Sentinel 21: médicos chegam a Honduras

Por Terceiro-Sargento Amanda Stanford/Relações Públicas da 12ª Força Aérea/Forças Aéreas Sul dos EUA
maio 24, 2021

Médicos da Força Aérea e do Exército dos EUA chegaram a Choluteca, Honduras, no dia 12 de maio, para ajudar o hospital local com cirurgias urológicas, durante o Exercício Resolute Sentinel 21.

O Resolute Sentinel 21 proporciona treinamento conjunto e melhor prontidão para engenheiros civis, profissionais médicos e pessoal de apoio dos EUA, através de atividades de assistência humanitária em Honduras.

Os médicos militares norte-americanos utilizarão o exercício para realizar cirurgias essenciais em pacientes hondurenhos pré-selecionados.

“É muito importante ter a equipe aqui conosco para ajudar com as cirurgias”, disse Maria Antonieta Castro, diretora do Hospital del Sur em Honduras. “Nossa lista de cirurgias aumentou desde a COVID-19 e ter a equipe aqui nos permitirá realizar as cirurgias que essas pessoas realmente necessitam. Nós não apenas realizaremos as cirurgias, mas elas contarão com as equipes médicas de Honduras e dos EUA, o que cria união entre as comunidades e os países. Eu acho que essa é uma das melhores coisas que podemos ter.”

Enquanto a população recebe o tratamento tão esperado, os médicos poderão aperfeiçoar suas destrezas em cirurgias mais invasivas, mantendo suas habilidades de destacamento.

“Cirurgias como essas não acontecem nos EUA”, disse a Tenente-Coronel da Força Aérea dos EUA Necia Pope, urologista da 59ª Ala Médica da Base Conjunta de San Antonio-Lackland, no Texas. “Utilizamos equipamentos diferentes e, nesse ambiente onde eles são limitados, ser capaz de descobrir um caminho através da cirurgia sem os equipamentos aos quais se está habituado é fundamental para a prontidão.”

Os médicos realizarão pelo menos 45 cirurgias em duas semanas, antes de retornarem aos EUA.

Share