SOUTHCOM volta a El Salvador com ajuda humanitária

Durante o exercício Mais Além do Horizonte 2018, os militares aprimoraram a infraestrutura de vários centros escolares.
Lorena Baires/Diálogo | 12 julho 2018

Relações Internacionais

O exercício Mais Além do Horizonte 2018 atende 1.000 pacientes diariamente em suas jornadas médicas, com serviços de saúde preventiva, odontologia, ginecologia, pediatria, geriatria e optometria. (Foto: Gloria Cañas, Diálogo)

A Força Armada de El Salvador (FAES) e o Comando Sul dos Estados Unidos (SOUTHCOM) iniciaram o exercício militar de cooperação Mais Além do Horizonte 2018, no município de Zacatecoluca, no dia 31 de maio de 2018. Nessa oportunidade, os militares se concentraram em aprimorar as condições de centros escolares e oferecer diversos serviços especializados de saúde à população de vários municípios.

“O Mais Além do Horizonte é um exercício humanitário entre o SOUTHCOM e a FAES”, disse à Diálogo o Coronel do Exército dos EUA Elliot Harris, oficial superior da defesa na Embaixada dos EUA em El Salvador. “Seu objetivo é oferecer assistência médica a pessoas de baixa renda e executar obras de engenharia para fortalecer a capacidade local de reação humanitária e recuperação em casos de desastres naturais.”

O exercício tem a duração de três meses e prevê a chegada de mais de 2.000 militares destacados no SOUTHCOM, em grupos rotativos de 500 membros. “Teremos apoio do Exército, da Força Aérea e da Marinha dos Estados Unidos, que trabalharão junto aos engenheiros da FAES nos diversos projetos”, disse à Diálogo o Coronel do Exército dos EUA Israel Romero, comandante do exercício em El Salvador. “É uma experiência onde aprendemos uns com os outros e recebemos o abraço fraterno das pessoas beneficiadas.”

O trabalho do SOUTHCOM e da FAES consiste em ampliar as salas de aula, os banheiros e as cozinhas de quatro escolas, construir um centro de saúde comunitário e uma área de saúde materna, com um investimento total aproximado de US$ 10 milhões. “O exercício atende à realidade do momento, às necessidades atuais dos salvadorenhos. Antes cooperávamos para a construção de poços de água potável e agora apoiamos a estrutura do sistema educacional e dos serviços de saúde especializados”, acrescentou o Cel Romero.

Além disso, os médicos realizarão cinco jornadas de consultas em especialidades de pediatria, ginecologia, odontologia, geriatria e oftalmologia para 1.000 habitantes em cada uma. Os militares beneficiarão as populações dos municípios de San Luis Talpa, Olocuilta e Zacatecoluca, além de outras comunidades dos arredores.

Os militares que participam do Mais Além do Horizonte 2018 contribuem com sua força de trabalho, materiais de construção e maquinário pesado para a construção de imóveis em Zacatecoluca, estado de La Paz, El Salvador. (Foto: Gloria Cañas, Diálogo)

“A FAES dedica grande parte de seu potencial logístico e liderança para ajudar no desenvolvimento do país, especialmente das comunidades mais necessitadas”, declarou à Diálogo o ministro da Defesa de El Salvador David Munguía Payés. “O exercício nos permite ratificar os fortes laços de harmonia com o SOUTHCOM que, há anos, realiza exercícios da mesma natureza em diversas regiões do território nacional e melhora a qualidade de vida de crianças e adultos”.

O planejamento do exercício humanitário teve início em 2016 com reuniões bilaterais entre o SOUTHCOM e a FAES, bem como com o pessoal operacional dos ministérios da Saúde e Educação salvadorenhos, beneficiários da infraestrutura em construção. No dia 14 de abril de 2018, o navio da Marinha dos Estados Unidos USNS Brittin (T-AKR-305) chegou ao porto de Acajutla, no estado de Sonsonate, com a equipe e os materiais de construção utilizados durante o exercício humanitário.

O soldado do Exército dos EUA Sair Danilso Silverio, salvadorenho nacionalizado norte-americano, chegou com o Exército Sul dos Estados Unidos para ajudar no Mais Além do Horizonte 2018. “O exercício é uma oportunidade para ajudar no desenvolvimento social da cidade de origem da minha família”, disse à Diálogo. “Sonhei estar no Exército dos Estados Unidos e pude realizar esse sonho. Sinto-me orgulhoso por estar de volta às minhas raízes e fazer parte de uma missão humanitária que vai melhorar a qualidade de vida do meu povo. Sou grato pela oportunidade.”

Francisco Salvador Hirezi, prefeito de Zacatecoluca, se mostrou agradecido por receber os militares do SOUTHCOM e da FAES, que contribuem com a melhoria da infraestrutura local. “Trata-se de uma oportunidade única para aumentar nossas capacidades. Quando desastres naturais ocorrem, os centros escolares são o nosso pilar para se transformarem em albergues. Agora, com o Mais Além do Horizonte 2018, as escolas serão fortalecidas. Não apenas as crianças que ali estudam se beneficiarão, mas também o município terá melhores condições para enfrentar emergências”, ele afirmou à Diálogo.

O Mais Além do Horizonte 2018 é um exemplo da cooperação entre os EUA e El Salvador através do SOUTHCOM e da FAES. O exercício foi realizado pela primeira vez em El Salvador em 1993 com o nome Fuertes Caminos, que ajudou na construção de estradas vicinais. Anos mais tarde foi rebatizado como Mais Além do Horizonte, sob o qual começou a tratar da questão humanitária. O intercâmbio de experiências através dos anos procura ajudar pessoas de baixa renda do país e contribuir para o desenvolvimento da infraestrutura local.

Compartilhar:
Comente:
Gosta dessa história? Sim 3
Carregando conversa