República Dominicana apoiará o Haiti com caças Super Tucano

A República Dominicana apoiará o Haiti com aeronaves de combate e lanchas patrulheiras no combate ao narcotráfico, segundo ordem expressa do presidente Leonel Fernández, como declarou o presidente da Direção Nacional de Controle de Drogas (DNCD), o General-de-Brigada Rolando Rosado Mateo.
WRITER-ID | 18 maio 2012

A República Dominicana apoiará o Haiti com aeronaves de combate e lanchas patrulheiras no combate ao narcotráfico, segundo ordem expressa do presidente Leonel Fernández, como declarou o presidente da Direção Nacional de Controle de Drogas (DNCD), o General-de-Brigada Rolando Rosado Mateo.

Rosado informou que o presidente Fernández deu instruções, tanto à DNCD como às Forças Armadas, “para que o sistema de defesa com o qual contamos seja empregado nesta situação”, seja por mar ou por ar, porque o problema do tráfico de entorpecentes é pernicioso para os dois Estados que compartilham a ilha.

Rosado Mateo fez esta revelação ao liderar a cerimônia de formatura de um grupo de dez oficiais da Unidade Antinarcóticos da Polícia Nacional Haitiana, que recebeu treinamento especializado de detecção e controle de drogas na Academia Nacional de Controle de Drogas da República Dominicana.

“Existe uma vontade manifesta e expressa e ordens do senhor presidente da República para que sejam organizados os cursos de formação necessários e usados os recursos do sistema de defesa da República Dominicana nesta luta, uma luta que é comum”, enfatizou o chefe do combate às drogas durante o discurso pronunciado na cerimônia de formatura do grupo de oficiais dominicanos e haitianos.

Rosado Mateo agradeceu a contribuição do governo dos Estados Unidos, através de suas embaixadas em Santo Domingo e Porto Príncipe, para tornar possível a realização do curso.

A cooperação da República Dominicana com o Haiti incluirá a frota de aviões de ataque ligeiro Embraer A-29B Super Tucano, que a Força Aérea dominicana utiliza há mais de dois anos, bem como lanchas rápidas de interceptação operadas pela Marinha de Guerra dominicana.

Compartilhar:
Comente:
Gosta dessa história? Sim 21
Carregando conversa