Navio-escola da Marinha de Guerra do Peru encerra sua viagem de instrução

O veleiro forma futuros marinheiros peruanos e promove a cooperação entre as forças armadas das nações parceiras
Gonzalo Silva Infante/Diálogo | 11 setembro 2019

Relações Internacionais

O navio-escola BAP Unión da Marinha de Guerra do Peru navegou pelas águas do Pacífico e visitou 10 portos, durante a sua Viagem de Instrução ao Exterior VIEX-2019. (Foto: Marinha de Guerra do Peru)

Na sala de máquinas do navio-escola BAP (Navio da Marinha Peruana, em espanhol) Unión, da Marinha de Guerra do Peru, cadetes navais recebem instruções a bordo do maior veleiro da América Latina sobre como trabalhar com os motores, enquanto outros cadetes treinam manobras náuticas no convés.

Durante cinco meses, 114 cadetes do terceiro ano da Escola Naval do Peru navegaram pelas águas do Pacífico e atracaram em 10 portos de cinco países. A Viagem de Instrução ao Exterior VIEX-2019, a quarta realizada com o BAP Unión, terminou no final de julho, quando o navio retornou ao seu porto de origem na Base Naval de Callao.

Durante a sua viagem em alto mar, os cadetes receberam um treinamento teórico-prático que lhes permitiu reforçar seus conhecimentos náuticos, bem como suas habilidades, em um ambiente real. Os alunos aprenderam a trabalhar em equipe, descobriram manobras de velas e participaram de lições sobre navegação astronômica, entre outros temas.

“Nós combinamos tecnologia com o que existia na idade de ouro da vela”, disse à Diálogo o Capitão de Mar e Guerra da Marinha de Guerra do Peru Kurt Böttger Garfias, comandante do BAP Unión. “A oportunidade que um cadete tem de aprender em campo é imbatível. Existem coisas que não podem ser feitas em um simulador ou em uma sala de aula, pois não oferecem o contato e a experiência prática.”

O navio-escola, lançado em dezembro de 2014, tem mais de 115 metros de comprimento, 13,5 m de largura e 34 velas. O veleiro também tem uma biblioteca, um auditório e salas para facilitar o aprendizado dos cadetes.

Além de ser um navio de treinamento, o BAP Unión atua como uma embaixada itinerante do Peru, promovendo a amizade e a cooperação entre as marinhas dos países visitados. A viagem incluiu escalas nos portos de Ancón e Chimbote, no Peru; Mazatlán e Puerto Manzanillo, no México; San Diego, São Francisco, Los Angeles e Honolulu, nos Estados Unidos; Vancouver, no Canadá; e Balboa, no Panamá.

Compartilhar:
Comente:
Gosta dessa história? Sim 4
Carregando conversa