Navio-hospital parte de Norfolk para participar da missão Promessa Duradoura na América Latina

O USNS Comfort tem paradas programadas em quatro nações parceiras.
Relações Públicas do Comando Sul dos EUA | 4 outubro 2018

Resposta Rápida

Foto de arquivo do navio-hospital USNS Comfort (T-AH 20) ancorado na costa do Haiti em 2007. O Comfort partirá de Norfolk, Virgínia, no dia 11 de outubro, para uma missão de dois meses de assistência médica na América Latina. O Comfort proporcionará atendimento na Colômbia, no Equador, em Honduras e no Peru. (Foto: Marinha dos EUA)

O navio-hospital da Marinha dos EUA USNS Comfort (T-AH 20) está programado para partir da Estação Naval Norfolk, Virgínia, no dia 11 de outubro de 2018, com destino à América do Sul e à América Central, para uma missão de 11 semanas de assistência médica, onde trabalhará junto aos parceiros de saúde e governamentais das nações anfitriãs no Equador, no Peru, na Colômbia e em Honduras.

O objetivo do destacamento é ajudar a aliviar a pressão sobre os sistemas médicos das nações anfitriãs, em parte devido ao aumento da migração que cruza suas fronteiras, e prestar assistência às comunidades que necessitem ajuda.

Essa é a sexta vez que o navio-hospital levará assistência médica à região e reflete a promessa duradoura de amizade, parceria e solidariedade dos Estados Unidos para com as Américas. Desde o primeiro destacamento na região em uma missão similar, há mais de uma década, o navio-hospital já visitou 18 nações do Caribe, da América Central e da América do Sul. Durante essas missões, os profissionais médicos militares trabalharam com os parceiros e civis da nação anfitriã, fornecendo tratamento médico a quase 390.000 pessoas, incluindo mais de 6.000 cirurgias.

A tripulação do navio terá mais de 200 médicos, enfermeiros e técnicos militares dos EUA e das nações parceiras. Além desses, cerca de 60 profissionais voluntários da área médica e odontológica de organizações não governamentais estarão a bordo para apoiar a missão de assistência médica. Eles terão a companhia de uma pequena equipe de marinheiros de serviços civis que supervisionarão a operação e a navegação do navio.

Durante a missão, o USNS Comfort visitará Esmeraldas, no Equador; o Peru (porto a ser determinado); Riohacha e Turbo, na Colômbia; e Puerto Castilla, em Honduras. As datas exatas das visitas a cada porto serão anunciadas com vários dias de antecedência à chegada do navio-hospital.

Como parte do planejamento da missão do USNS Comfort, os ministérios da Saúde de cada país selecionarão os pacientes com necessidades médicas que possam ser avaliados e tratados pelos serviços e unidades cirúrgicas a bordo do navio-hospital. Outros serviços médicos estarão à disposição das pessoas, que serão atendidas por ordem de chegada nas unidades médicas do USNS Comfort com base em terra.

O atendimento médico na missão de 2018 do USNS Comfort inclui cirurgia geral, cirurgia oftalmológica, dermatologia, avaliação e tratamento médico, medicina preventiva, exames e tratamentos odontológicos, exames de optometria, distribuição de óculos e saúde pública. As capacidades médicas a bordo do navio-hospital incluem salas de cirurgia e pós-cirurgia, um aparelho de tomografia computadorizada, quatro aparelhos de raios-X, um consultório odontológico, um laboratório de optometria, uma área para fisioterapia, dois geradores de oxigênio e um banco de sangue com 5.000 unidades.

Durante cada visita, a equipe médica do Comfort espera atender aproximadamente 750 pacientes por dia em cada unidade médica em terra e prevê a realização de até 20 cirurgias por dia a bordo do navio.

Um navio-hospital dos EUA tem a capacidade para fornecer unidades médicas flutuantes e móveis para cirurgias graves aos militares dos EUA e é uma excelente plataforma para prestar serviços hospitalares em apoio às operações de assistência humanitária e auxílio em desastres dos EUA no mundo inteiro.

Na sequência de um terremoto destruidor perto de Porto Príncipe, no Haiti, em 2010, o navio foi destacado no local e apoiou a missão internacional de assistência a desastres de grande amplitude, sob a liderança da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional (USAID), atendendo mais de 870 vítimas com lesões graves durante o desastre e realizando cerca de 840 cirurgias.

A missão do USNS Comfort demonstra o compromisso dos Estados Unidos com as Américas e faz parte de um apoio contínuo prestado pelo Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM). As missões de assistência cívica e humanitária patrocinadas pelo SOUTHCOM são realizadas em estreita cooperação com as nações parceiras da região, bem como com os parceiros interagenciais dos EUA do Departamento de Estado e da USAID. Missões similares incluem a Promessa Contínua, a Novos Horizontes, a Mais Além do Horizonte, exercícios de treinamento de prontidão médica e o Programa de Ação Médica e Civil.

O SOUTHCOM é um dos seis comandos unificados com foco geográfico da nação, responsável pelas operações militares dos EUA no Caribe, na América Central e na América do Sul.

Compartilhar:
Comente:
Gosta dessa história? Sim 2
Carregando conversa