WHINSEC continua preenchendo lacunas

WHINSEC continua preenchendo lacunas

Por Milton Mariani Rodriguez/WHINSEC
setembro 27, 2021

Alguns dos principais pilares do Instituto de Cooperação para a Segurança do Hemisfério Ocidental (WHINSEC, em inglês) são a integração entre serviços, interagências e instituições multinacionais, como parte de nosso processo educacional. Nesse sentido, a liderança do WHINSEC está sempre buscando maneiras de continuar a expandir seu alcance através de serviços coirmãos, de outras entidades governamentais e nações parceiras.

Em 2020, durante o Curso de Oficial de Comando e Estado-Maior, o Capitão-Tenente Nathan M. Borders, da Guarda Costeira dos EUA (USCG, em inglês), se tornou o primeiro Coastie (como os membros da USCG se autodenominam) a participar do WHINSEC.

Este ano, o Cabo Marty Alves Cruz, da USCG, participou do Curso de Liderança de Pequenas Unidades, tornando-se o primeiro suboficial Coastie a frequentar como aluno.

“O Suboficial-Mor de nossa unidade enviou um e-mail com informações sobre o curso e disse que era uma excelente oportunidade para nós assistirmos a essa classe. Esse curso seria um degrau para os cursos de futuros primeiros-sargentos ou suboficiais”, disse o CB Alves.

Falando sobre o curso e como membro da USCG, o CB Alves fez o seguinte comentário: “Pertencer à Guarda Costeira é totalmente diferente em um sentido, mas, por outro lado, a única coisa que muda é a missão. Seguimos a mesma doutrina; todos nós temos regras e normas; só a missão é que muda. Esse curso é uma excelente oportunidade para conhecer e trabalhar com companheiros de outros países e serviços irmãos dos EUA.”

O Suboficial-Mor Aaron L. Zimmer, suboficial-mor de comando do Sétimo Distrito da USCG, com base em Miami, Flórida, participou da Graduação Combinada. O SO Zimmer quis parabenizar pessoalmente o CB Alves por suas realizações e, ao mesmo tempo, obter suas impressões sobre o curso e a experiência de um modo geral.

Quando perguntado sobre o que achava de ter membros da Guarda Costeira no WHINSEC, o SO Zimmer disse: “É uma oportunidade magnífica para nossos jovens graduados. Acho que os direitos humanos, o Estado de Direito e os blocos de liderança de instrução são essenciais em nossa linha de trabalho. Hoje temos o nosso primeiro suboficial Coastie aqui, mas muitos mais virão para aprender e compartilhar experiências no WHINSEC. Operamos em um ambiente cada vez mais complexo e conjunto nas Américas Central e do Sul, bem como na Bacia do Caribe. Quanto mais cedo na sua carreira pudermos expor nossos militares a outros serviços e nações parceiras, mais efetiva a força total se tornará.”

Share