Descoberto arsenal no norte do México utilizado por Los Zetas para treinamento

Por Dialogo
junho 13, 2011


Militares mexicanos encontraram um arsenal com 204 armas de grosso calibre ocultas em uma camioneta, em um município do estado de Coahuila (norte), na fronteira com os Estados Unidos, o qual era utilizado por Los Zetas para treinamento de pessoal, informou a Secretaria da Marinha.

O arsenal é formado por “204 armas de grosso calibre, 11 armas curtas, 29.621 cartuchos úteis de diferentes calibres, 778 carregadores para armas de fogo de diversos calibres, bem como 15 granadas de guerra de mão e dois calibres de 40 mm”, disse José Luis Vergara, porta-voz da Secretaria da Marinha-Armada do México.

A descoberta das armas ocorreu quando os militares detiveram, no município de Villa Unión, a 70 quilômetros da fronteira com os Estados Unidos, um veículo no qual viajavam cinco homens transportando armas e uniformes camuflados do tipo militar, informou Vergara.

Os homens, entre 18 e 33 anos, confessaram que trabalhavam para o cartel de Los Zetas, uma organização criminosa criada por ex-militares desertores e responsável por múltiplos assassinatos em vários estados do México.

Os detidos confessaram também que perto de uma casa abandonada e escondida entre os matagais havia uma camioneta onde as armas eram guardadas, armamento que “supostamente era utilizado para o treinamento do pessoal da organização criminosa Los Zetas nessa área”, explicou Vergara.

Outro arsenal com 157 rifles e um lança-foguetes foi encontrado na semana passada, enterrado em outro município de Coahuila, estado vizinho de Tamaulipas (nordeste), bastião de Los Zetas, onde conduzem uma guerra sangrenta contra o cartel do Golfo, com milhares de mortos.

Mais 102 mil armas de mão e rifles de alto poder foram apreendidos por autoridades mexicanas em pouco mais de quatro anos, segundo cifras oficiais.

O México vive uma incessante onda de violência devido à guerra entre os narcotraficantes e as operações, com um saldo de pelo menos 37 mil homicídios desde dezembro de 2006.





Muito bom….! Isso é notícia de interesse público!
Share