Visita do navio USCGC Stone da Guarda Costeira dos EUA ao porto de Montevidéu

Visita do navio USCGC Stone da Guarda Costeira dos EUA ao porto de Montevidéu

Por Embaixada dos EUA em Montevidéu
janeiro 28, 2021

No dia 25 de janeiro, Jennifer Savage, encarregada de Negócios da Embaixada dos Estados Unidos no Uruguai, junto com representantes da Marinha Nacional do Uruguai, recebeu no porto de Montevidéu o navio United States Coast Guard Cutter Stone (USCGC Stone) da Guarda Costeira dos EUA, a primeira visita desse tipo em mais de uma década. O navio, comandado pelo Capitão de Mar e Guerra Adam B. Morrison, pertence à Guarda Costeira dos EUA sob o Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos. A Guarda Costeira desempenha um importante papel global na segurança marítima, busca, resgate e cumprimento da lei. O navio USCGC Stone está navegando através do Atlântico Sul, como parte de uma missão de vários meses chamada Operação Cruzeiro do Sul.

A Operação Cruzeiro do Sul da Guarda Costeira faz parte dos esforços do governo dos EUA para criar associações regionais de segurança marítima e evitar a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (INN) no Atlântico Sul, devido aos prejuízos econômicos e ambientais que essa atividade ocasiona. O objetivo geral dos Estados Unidos é garantir o gerenciamento, a conservação e a restauração de maneira sustentável das populações de recursos marinhos vivos. Isso é vital para manter um meio-ambiente marinho saudável e produtivo, promover benefícios econômicos e a segurança alimentar dos pescadores e consumidores e proporcionar uma liderança internacional através da adoção ampla das mesmas normas avançadas de conservação e gerenciamento da fauna marinha em todo o mundo.

A pesca INN solapa a conservação ambiental sustentável e a gestão dos recursos pesqueiros, cria distorções comerciais que permitem vantagens injustas e contribui para os abusos aos direitos humanos. Estima-se que se trata de um em cada cinco peixes capturados, com um custo anual de até US$ 23 bilhões em todo o mundo. As populações de peixes e demais espécies marinhas vivas se deslocam livremente e não reconhecem as fronteiras nacionais. Por esse motivo, nenhum país pode administrá-las sozinho de forma eficaz. Os países devem cooperar para estabelecer normas de pesca com base científica que garantam a conservação e a gestão das populações de peixes e outros recursos marinhos vivos. O Uruguai demonstrou seu compromisso com a prevenção da pesca INN ao ser o primeiro e, até agora, o único país do Atlântico Sul a ratificar o acordo internacional sobre Medidas do Estado Gestor do Porto, que proporciona aos países importantes instrumentos para evitar que seus portos sejam utilizados em apoio à pesca INN.

“Durante essa missão, o Serviço da Guarda Costeira dos Estados Unidos se compromete a apoiar nossos parceiros do Atlântico em seus esforços para garantir a segurança das espécies e a soberania marítima, que são essenciais para manter o Estado de Direito e a segurança dos oceanos. Esse patrulhamento é necessário para treinar a tripulação do mais novo navio da classe Legend e ao mesmo tempo aproveitar a oportunidade para fortalecer as relações, trabalhando com nossos parceiros regionais e aliados”, disse o CMG Morrison.

 

Durante essa missão, o Serviço da Guarda Costeira dos Estados Unidos se compromete a apoiar nossos parceiros do Atlântico em seus esforços para garantir a segurança das espécies e a soberania marítima, que são essenciais para manter o Estado de Direito e a segurança dos oceanos. Esse patrulhamento é necessário para treinar a tripulação do mais novo navio da classe Legend e ao mesmo tempo aproveitar a oportunidade para fortalecer as relações, trabalhando com nossos parceiros regionais e aliados”, CMG Morrison.

 

“A sólida amizade entre os Estados Unidos e o Uruguai não é uma casualidade. É o produto de mais de um século de trabalho duro, cooperação e apoio inquebrantáveis. Visitas como essa servem para enfatizar a importância desse vínculo. Estou orgulhosa daquilo que conseguimos juntos e espero continuar colaborando em questões de importância regional como a pesca INN”, declarou Savage.

Por parte da Marinha Nacional do Uruguai, além de dar as boas-vindas e desejar uma boa estada ao navio USCGC Stone e à sua tripulação, o porta-voz da instituição, Pablo González, afirmou que “é uma honra para a Marinha Nacional que o navio Stone da Guarda Costeira tenha em sua agenda a chegada desse moderno navio ao Porto de Montevidéu. Assim se estreitam mais uma vez nossos laços de amizade e cooperação”.

Share