USS Thach chega ao Panamá para o PANAMAX 2011

USS Thach Arrives in Panama for PANAMAX 2011

Por Dialogo
agosto 18, 2011


A fragata de mísseis guiados USS Thach (FFG 43) chegou à Cidade do Panamá, Panamá, para dar início ao PANAMAX 2011, um exercício multinacional voltado para a defesa do Canal do Panamá.

O Thach está participando com as forças de 17 nações em ambientes reais e simulados realizados na região próxima ao Panamá, incluindo visitas, embarque, busca e apreensão (VBSS), operações litorâneas, interdições de drogas e operações fluviais simuladas.

“Durante o PANAMAX, o Thach fará parte da Força Tarefa do Pacífico, uma força multinacional que fornecerá prontidão do domínio marítimo na região do Pacífico no Canal do Panamá”, disse o comandante Jeff Scudder, oficial no comando do Thach. “Manter a prontidão nas águas comuns e as missões VBSS garantirão que as forças inimigas do exercício não sejam uma ameaça ao Canal do Panamá”.

O PANAMAX 2011 começou oficialmente no dia 15 de agosto e permanecerá até o dia 25 de agosto. A Força Tarefa do Pacífico, que inclui o Thach e navios das marinhas do Canadá, Chile, Equador e Peru trabalharão em conjunto no mar durante as duas semanas do exercício.

“A defesa coletiva do Canal do Panamá, exercitada durante o PANAMAX, aumenta a colaboração e a interoperacionalidade entre as marinhas parceiras e estimula a confiança entre as nações parceiras, o que contribui diretamente para a segurança da região”, disse Scudder.

O PANAMAX 2011 é um exercício anual patrocinado pelo Comando Sul dos EUA que tem como foco garantir a defesa do canal do Panamá, uma das infraestruturas mais importantes estrategicamente e economicamente do mundo. O exercício inclui 3.500 membros e 22 embarcações de 17 nações e é conduzido além das costas do panamá e em localidades dos EUA.



Os escoteiros do mar (sea scouts) da Base Marítima Escoteira da Cidade de Cananéia, SP, Brasil, acompanham com muito interesse as notícias do exercício multinacional PANAMAX 2011, com a costumeira participação da Marinha do Brasil. Temos certeza que o desdobramento dos exercícios
alcançarão os objetivos desejados e fortalecerão as relações de amizade e cooperação entre as Marinhas da região interamericana. Sucesso para todos os homens do mar.

Ney de Araripe Sucupra
Sea Scout Master
Share