USAAAD e DPAA unem forças e realizam treinamento de resgate por içamento

USAAAD e DPAA unem forças e realizam treinamento de resgate por içamento

Por Segundo-Sargento Adam R. Shanks/Relações Públicas da Força-Tarefa Conjunta Bravo
novembro 08, 2021

Membros do Destacamento de Ambulância Aérea do Exército dos EUA (USAAAD, em inglês) da Força-Tarefa Conjunta Bravo (JTF-Bravo, em inglês), do 1º Batalhão, 228º Regimento de Aviação, realizaram um treinamento ao vivo de resgate com o sistema de içamento Skedco, no dia 11 de outubro de 2021, em Santiago, Panamá.

O treinamento foi realizado em apoio à Agência de Prestação de Contas sobre Prisioneiros de Guerra/Desaparecidos em Ação (DPAA, em inglês) do Departamento de Defesa dos EUA, que está trabalhando 24 horas por dia para encontrar os restos mortais de dois aviadores navais norte-americanos que caíram nas montanhas panamenhas em 1985.

Junto com a DPAA, o USAAAD trabalhou de perto com o Serviço Nacional Aeronaval do Panamá (SENAN) e outras forças de segurança panamenhas.

O USAAAD, também conhecido como Médicos Feiticeiros, iniciou o treinamento com um curso Médico 101 liderado pelo Segundo-Sargento William Bavetta, do Exército dos EUA, médico de voo lotado no 228º Regimento, e com o Terceiro-Sargento Alexander Evans, chefe de tripulação do helicóptero Blackhawk UH-60, onde eles explicaram as melhores práticas e técnicas para a execução das operações ao vivo de içamento.

Além disso, membros do SENAN se juntaram ao exercício, ocupando o lugar de resgate, e foram orientados sobre como se posicionar e como se comportar enquanto são içados desde a aeronave.

“Nos próximos dois meses, a equipe da DPAA fará buscas, escavará e tentará cruzar a montanha de 6.000 pés [1.830 metros] de altitude, sabendo e confiando que se alguém necessitar de ajuda, o USAAAD estará pronto e a postos para evacuar as pessoas e levá-las para a assistência médica que lhes salvará as vidas”, afirmou a Capitã Jillian O’Hara, do Exército dos EUA, comandante da Companhia. “O içamento é uma tarefa que minha companhia treina todas as semanas para manter a proficiência; no entanto, essa iteração foi muito singular, porque estabeleceu as condições para que a DPAA e a SENAN executem suas missões.”

A DPAA é a principal agência do governo dos EUA responsável por cumprir a promessa da nossa nação, de prestar contas sobre os militares desaparecidos e ajudar suas famílias e entes queridos, para que possam fechar esse ciclo.

Enquanto a DPAA busca os restos mortais, as famílias podem ter a certeza de que, se precisarem de ajuda, haverá um pessoal da JTF-Bravo bem equipado e bem treinado a postos para prestar assistência a qualquer momento.

“Estamos extremamente honrados e agradecidos por apoiar uma organização e uma missão tão maravilhosas”, acrescentou o Cap O’Hara. “Através de nossos esforços combinados e apoio mútuo, esperamos que esses patriotas sejam levados para casa com suas famílias.”

Share