EUA apreendem US$ 150 milhões em fundos ligados ao Hezbollah

Por Dialogo
agosto 22, 2012

Autoridades norte-americanas anunciaram, em 20 de agosto, a apreensão de US$ 150 milhões supostamente ligados a um esquema do grupo militante libanês Hezbollah para lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e outros crimes.

O dinheiro veio de uma conta em um banco dos EUA usada pelo Lebanese Canadian Bank para transações em moeda norte-americana, disseram o procurador dos EUA, Preet Bharara, e a chefe da Agência Antidrogas dos Estados Unidos (DEA), Michele Leonhart.

“Como supúnhamos no ano passado, o Lebanese Canadian Bank desempenhou um papel-chave permitindo lavagem de dinheiro de organizações controladas pelo Hezbollah em todo o mundo”, declarou Leonhart.

“Nossa incansável busca às redes criminosas globais mostrou que o sistema bancário dos EUA estava sendo explorado para lavar fundos do tráfico de drogas da África Ocidental para o Líbano.

“A DEA e nossos parceiros estão atacando esses grupos e sua infraestrutura financeira, enquanto estabelecem ligações claras entre os procedimentos do tráfico de drogas e os fundos do terrorismo”, disse ela.



Share