Banda das Forças da Frota dos EUA se apresenta no desfile do 200º aniversário da Independência da Argentina

U.S. Fleet Forces Band Performs in 200th Anniversary of Argentine Independence Parade

Por Eduardo Szklarz/Diálogo
agosto 03, 2016

A Banda das Forças da Frota dos EUA (USFFB, da sigla em inglês) participou de um enorme desfile militar nos dias 9 e 10 de julho durante as celebrações do 200º aniversário da Declaração de Independência da Argentina. A USFFB se apresentou com outras 17 bandas militares e de forças de segurança das Américas, Europa e África. "O evento foi uma oportunidade maravilhosa para exibir a parceria entre a Argentina e os Estados Unidos", disse o Capitão-Tenente Robert J. "Seph" Coats, diretor da USFFB, à Diálogo. "Com nossa presença, pudemos demonstrar claramente essa parceria e a boa-vontade continuada entre nossos países." A USFFB viajou para a Argentina como parte de uma iniciativa do Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM) para se juntar aos argentinos na comemoração de seu bicentenário. Também participaram do desfile a Banda Militar do Exército da Bolívia, a Banda da 2ª Brigada de Cavalaria Blindada do Exército do Brasil, a Banda de Concertos do Exército do Chile, a Banda da Força Aérea da Espanha, a Banda de Paraquedistas da França, a Banda da Fanfarra do 8º Regimento de Atiradores da Itália, a Banda da Real Força Aérea de Marrocos, a Banda Militar de Concertos do Comando do Exército do Paraguai, a Banda Conjunta das Forças Armadas do Peru e a Banda da Força Aérea do Uruguai. Os conjuntos argentinos incluíram o Grupo Sinfônico do Exército, a Banda da Marinha, a Banda da Força Aérea e a Banda de Fanfarra "Alto Peru" do Regimento de Granadeiros Montados "General San Martín". Também se apresentaram a Banda Especial da Escola Nacional de Polícia "General Martín Miguel de Güemes", a Banda da Prefeitura Naval da Argentina e a Banda da Polícia Federal da Argentina. "Encontrar as outras bandas foi excelente. Tivemos muitas oportunidades de tocarmos juntos, conversar e trocar experiências", disse o CT Coats. "As vidas dos músicos militares são muito parecidas, embora provenientes de países diferentes. Sempre é um prazer poder conhecer nossos colegas um pouco melhor, e sempre é uma honra trabalharmos juntos para homenagear nações e comemorar sua independência." Programação intensa Marchando pela emblemática Avenida Libertador na capital argentina, a USFFB executou a música oficial da Marinha dos EUA, "Anchors Aweigh” e uma marcha tradicional chamada "Colúmbia, the Gem of the Ocean” (Colúmbia, a Joia do Oceano). "A recepção em Buenos Aires foi excepcional. As pessoas e as autoridades foram calorosas e receptivas, e houve uma sensação real de camaradagem", disse o CT Coats. Escoltados por 4.000 soldados das Forças Armadas da Argentina e acompanhados por milhares de pessoas, os músicos marcharam até o estádio argentino de polo, onde cada banda mostrou suas habilidades, interpretando marchas populares e músicas de seus respectivos países. A USFFB se destacou por sua alta energia, com uma bateria no meio do gramado e uma cantora que se apresentou com um microfone na mão. Outro grupo que entusiasmou a multidão foi a Banda de Concertos do Exército do Chile, que interpretou o tango “Adiós Nonino”, de autoria do compositor argentino Astor Piazzolla. O restante das bandas também apresentou um repertório bastante variado, incluindo tudo desde a "Marcha Imperial" (do filme "Guerra nas Estrelas") até o clássico italiano "Funiculì, Funiculà". Festival de Democracia O presidente da Argentina, Mauricio Macri, juntamente com autoridades nacionais militares e civis, compareceu ao concerto das bandas no estádio de polo. O ministro da Defesa da Argentina, Julio Martínez, chamou o evento de um "festival de democracia". "Estamos muito felizes e reconhecemos o trabalho de todos e de todos os países que enviaram suas bandas para celebrarem conosco esse bicentenário de nossa independência", disse o ministro Martínez. "Faz muito tempo desde que nossos militares foram convocados pelo governo nacional para marcharem em um desfile, e agora pudemos realizar isso", concluiu o ministro, reconhecendo também a presença dos veteranos da Guerra das Malvinas. Para a USFFB, foi um evento inesquecível. "A atividade nos deu a oportunidade de representar os Estados Unidos e sua Marinha em apoio a um evento muito importante para o povo argentino", disse o CT Coats. "Nossos dois países afortunadamente possuem um longo histórico de independência, e o desfile e o festival de bandas militares nos permitiram nos congraçarmos na Argentina para celebrar esse aniversário especial." Conhecida como "A Melhor da Frota", a USFFB foi criada em 1945 e atualmente possui 45 componentes, todos eles marinheiros ativos da Marinha dos EUA. A banda dá apoio musical a navios, bases militares, dignatários estrangeiros e eventos comunitários nas áreas do Meio Atlântico e Vale do Rio Ohio dos Estados Unidos, além de mobilização regular na América Central e do Sul. "Tenho a felicidade de dirigir a organização,que é composta por alguns dos melhores e mais talentosos músicos da Marinha dos EUA", concluiu o CT Coats.
Share