O helicóptero de ataque brasileiro AH-2 Sabre realiza sua primeira campanha de tiro

The Brazilian AH-2 Sabre Attack Helicopter Conducts Its First Target Practice

Por Dialogo
outubro 11, 2011


O único modelo de helicóptero de ataque das Forças Armadas brasileiras realiza sua primeira campanha de tiro no Campo de Provas Brigadeiro Velloso, no Pará. A primeira aeronave operada pela Força Aérea Brasileira, o MI-35 Hind, ou AH-2 Sabre segundo a nomenclatura da FAB, representa um grande avanço em termos de novos recursos de combate.

Um canhão orgânico 23mm capaz de ser apontado individualmente com o movimento da cabeça do artilheiro ou do piloto complementa a grande variedade de foguetes, mísseis e outras armas utilizadas pelo Sabre.

Uma complexa gama de sensores como o FLIR, telêmetro laser e radar de acompanhamento do terreno, além de um avançado conjunto de contramedidas defensivas, proporcionam a este helicóptero a capacidade de um “tanque voador” artilheiro.

Sua ficha de combate inclui ações no Afeganistão, Irã, Iraque, Angola, Líbia e dezenas de outros cenários de guerra. Transformou-se em uma arma tão respeitada que exemplares capturados pelos norte-americanos no Iraque são utilizados para treinamento de táticas ‘Anti-Hind’ em bases de forças especiais dos Estados Unidos.

Adquiridos através do plano da Estratégia Nacional de Defesa, os doze AH-2 Sabre encomendados constituem um dos sistemas mais eficazes de armas baseado na região amazônica.

A unidade que opera o modelo, o Esquadrão Poti (2º/8º GAV), foi transferida para Porto Velho, capital do estado de Rondônia, especificamente para introduzir o Sabre nesta preocupante região de fronteira no norte do país.

O Campo de Provas Brigadeiro Velloso foi escolhido para a realização do treinamento operacional devido a sua excelente infraestrutura de apoio, dotada de cenários táticos adequados a este fim. O helicóptero está em Cachimbo desde o dia 28 de setembro, realizando sua primeira campanha de emprego de fogo ar/solo utilizando armamento real.



Share