República Dominicana apreende mais de 2 toneladas de cocaína

República Dominicana apreende mais de 2 toneladas de cocaína

Por Lorena Baires/Diálogo
dezembro 18, 2020

Uma equipe antinarcóticos da Direção Nacional de Controle de Drogas (DNCD) e as Forças Armadas da República Dominicana confiscaram mais de 2 toneladas de cocaína em duas operações.

No dia 7 de novembro de 2020, membros da Marinha e da DNCD interceptaram uma embarcação artesanal que transportava 231 pacotes com cocaína no litoral da província de Azua; o produto pesava aproximadamente 238 quilos e os seis tripulantes, entre eles um venezuelano, foram detidos.

Em outra operação realizada no dia 1º de novembro, em Puerto Haina Oriental, município de Santo Domingo Oeste, foram apreendidos 1.747 pacotes com cocaína. A droga estava distribuída em diversos contêineres em um barco procedente da Colômbia.

“O peso total do carregamento era de 1.782 kg […] e o seu destino final era Roterdã, Holanda”, disse à Diálogo Carlos Devers, porta-voz da DNCD. “Esse foi o maior carregamento confiscado [no transcurso de 2020] e o maior da história desse porto.”

A carga estava em bolsas impermeáveis dentro de caixas de papelão que simulavam artigos de cozinha, explicaram os militares à imprensa, no dia 1º de novembro.

A DNCD confirmou que intensificou suas operações junto às Forças Armadas em aeroportos, portos e fronteiras, o que possibilitou golpear o narcotráfico internacional. “O apoio das Forças Armadas, através das lanchas rápidas da Marinha, das aeronaves da Força Aérea e da presteza operacional terrestre do Exército permitiu que a capacidade de resposta seja mais rápida e eficiente contra o narcotráfico e os delitos a ele vinculados”, acrescentou Devers.

Entre janeiro e outubro de 2020, as autoridades apreenderam mais de 6,5 toneladas de drogas; 86 por cento era cocaína e o restante era maconha, êxtase e outros fármacos controlados, garantiu a DNCD.

Share