Vice-ministro da Defesa do Peru diz que compras para o setor serão mais transparentes

Peruvian Deputy Minister of Defense Seeks Transparency in Sector Purchases

Por Dialogo
setembro 12, 2013


O vice-ministro peruano de Recursos para a Defesa, Jakke Valakivi, informou que a Agência de Compras do Ministério da Defesa (MINDEF) permitirá que o setor faça aquisições mais transparentes e com maior profissionalismo nas Forças Armadas do Peru.



“O que se procura é tornar mais transparente todo o processo de compras, obviamente é preciso manter a reserva, mas que ele transcorra dentro de um conceito de profissionalismo muito importante”, reafirmou.



No 7 de setembro foi publicado no jornal oficial El Peruano o Decreto Supremo 005-2013, que regulamenta a norma que cria a Agência de Compras para o setor de Defesa.



Valakivi informou que em 120 dias o novo sistema deve começar a funcionar, e será implementado no Exército, na Marinha, na Força Aérea, no Comando Conjunto das Forças Armadas, na Escola Nacional da Marinha Mercante e na Comissão Nacional de Desenvolvimento e Pesquisas Aeroespaciais (Conida).



Ele informou que a agenda terá a seu cargo as aquisições militares do setor da Defesa, como tanques, aeronaves ou embarcações, além de outros elementos logísticos, uniformes e alimentos.



Valakivi disse que essas compras serão realizadas no mercado nacional ou, quando for necessário, no mercado internacional, por concurso ou sob a forma de contrato de governo a governo.



O vice-ministro explicou também que poderão ser realizadas por convênio aquisições em outras instituições ou ministérios, como o Ministério do Interior ou a Polícia Nacional.










Share