Peru: Polícia Nacional destrói mais de 10 toneladas de insumos químicos em menos de uma semana

Peru: Polícia Nacional destrói mais de 10 toneladas de insumos químicos em menos de uma semana

Por Eduardo Szklarz/Diálogo
agosto 25, 2021

Em menos de uma semana, a Polícia Nacional do Peru (PNP) apreendeu 10 toneladas de insumos químicos utilizados para a produção de cocaína, no Vale dos rios Apurímac, Ene e Mantaro.

Durante a primeira operação, no dia 5 de julho de 2021, os agentes fizeram uma incursão em um laboratório artesanal no distrito de Llochegua, estado de Ayacucho. “Os policiais encontraram 249 munições de guerra e destruíram mais de 5 toneladas de insumos químicos”, disse a PNP em um comunicado.

No dia 10 de julho, a Direção Antidrogas da Polícia Nacional confiscou mais 5 toneladas de substâncias no distrito de Jesús Nazareno, província de Huamanga, também em Ayacucho.

O caminhão, que havia saído de Lima com destino a Cuzco, transportava os insumos químicos escondidos dentro de enormes blocos de concreto. (Foto: Polícia Nacional do Peru)

Os agentes antinarcóticos interceptaram um semirreboque que supostamente transportava 10 blocos retangulares de concreto armado. O veículo havia saído de Lima com destino à região de Cuzco.

“O formato suspeito dos blocos atraiu a atenção dos agentes, que decidiram inspecioná-los um a um”, informou o jornal peruano El Comercio. Ao abrir um dos blocos, encontraram cilindros de metal, recipientes com acetona e sacos com cloreto de cálcio.

Os blocos de concreto foram levados ao Departamento de Operações Táticas Antidrogas de Huamanga, onde os investigadores os abriram e encontraram no interior mais de 3.300 quilos de acetona e 2.053 kg de cloreto de cálcio.

“Os insumos químicos apreendidos seriam utilizados para a fabricação de drogas”, ressaltou a PNP.

Juntas, as duas operações totalizaram a maior apreensão de insumos químicos desde março passado, quando a PNP confiscou 40 toneladas de precursores e deteve oito integrantes de uma quadrilha criminosa que operava em Lima, Ica e Ayacucho.

Além da acetona e do cloreto de cálcio, substâncias como ácido sulfúrico e permanganato de potássio estão entre as mais utilizadas para transformar o alcaloide da folha de coca em cloridrato de cocaína, a cocaína em pó.

Por isso, o Gabinete das Nações Unidas para Drogas e Crimes (UNODC, em inglês) acredita que o controle desses precursores seja uma ferramenta chave na luta contra o narcotráfico. “Sem a presença dessas substâncias químicas, obviamente não se pode fabricar as drogas”, disse a UNODC em um relatório.

Share