Panamá e Estados Unidos se preparam para responder a catástrofes com o Exercício Mercúrio II

Panamá e Estados Unidos se preparam para responder a catástrofes com o Exercício Mercúrio II

Por Roberto López Dubois/Diálogo
fevereiro 12, 2021

Durante mais de duas semanas, unidades do Serviço Nacional de Fronteiras (SENAFRONT) e do Serviço Nacional Aeronaval do Panamá (SENAN) se reuniram com membros da Força-Tarefa Conjunta Bravo (JTF-Bravo, em inglês) do Comando Sul dos EUA, para participar do exercício de resposta a emergências e assistência humanitária Mercúrio II, na região de selva de Darién, na fronteira com a Colômbia.

O exercício, realizado entre os dias 17 de janeiro e 1º de fevereiro de 2021, teve como objetivo coordenar as respostas das forças em situações de desastre, para aperfeiçoar suas capacidades expedicionárias e de preparação. Durante o exercício, as tropas também transportaram mais de 300.000 quilos de materiais de construção e mais de 6.000 bolsas de alimentos, kits escolares e insumos médicos, levados a 21 comunidades de Darién.

“Fiquei muito impressionado com o nível de cooperação entre as forças panamenhas e norte-americanas; sem dúvida, foi um fator para o sucesso dessa missão”, disse o Coronel do Exército dos EUA John D. Lichtfield, comandante da JTF-Bravo, durante a cerimônia de encerramento do exercício. “Foi inspirador ver todos os esforços dos envolvidos. Estamos preparados para crises futuras. Fomos capazes de responder juntos durante o furacão Eta [no início de novembro de 2020]. Cada evento é uma oportunidade para aprendermos uns com os outros.”

Durante o Exercício Mercúrio II, tropas do SENAN, do SENAFRONT e da JTF-Bravo transportaram mais de 6.000 bolsas de alimentos, kits escolares e insumos médicos para 21 comunidades de Darién. (Foto: Terceiro-Sargento Jorge Vega/SENAFRONT)

Em um comunicado, o SENAFRONT informou que o material de construção será utilizado para edificar salas de aulas de cimento com tetos de zinco em 10 escolas rudimentares. Além disso, dois centros com computadores e internet serão montados, para permitir acesso ao mundo digital às comunidades locais, e dois postos policiais serão construídos nas comunidades de Tupiza e Cannán Membrillo, zonas que as tropas do SENAFRONT patrulham diariamente em sua luta contra o crime organizado transnacional.

“Com esses novos postos policiais permanentes, será possível aumentar ainda mais a vigilância de nossa fronteira, fazendo com que as pessoas que vivem na região tenham direitos iguais à segurança”, disse o SENAFRONT.

Participaram do exercício sete helicópteros da JTF-Bravo, incluindo dois CH-47 Chinook e três UH-60 Blackhawk.

“Trata-se de um reflexo direto da dedicação, do compromisso e do profissionalismo de nossos irmãos e irmãs de armas. Esse exercício e outros tantos exercícios similares demonstram que juntos podemos enfrentar qualquer desafio para ajudar a salvar vidas e reduzir o sofrimento humano”, disse o Subtenente do Exército dos EUA Gustavo Robles, principal planejador dos exercícios da JTF-Bravo.

“Essas operações são de grande ajuda para nosso país e para nossa Força Pública, ao mesmo tempo em que reforçam suas capacidades de responder melhor aos próximos desafios e dar resposta efetiva a qualquer contingência, através da ajuda humanitária oportuna”, disse o ministro da Segurança Pública do Panamá, Juan Manuel Pino.

Share