O Comfort fortalece parceria com Jamaica, após missão médica bem-sucedida

O Comfort fortalece parceria com Jamaica, após missão médica bem-sucedida

Por Marinheiro Brendan Fitzgerald, Forças Navais do Comando Sul dos EUA
novembro 13, 2019

Select Language

Kathryn Wheelbarger, subsecretária interina de Defesa para Questões de Segurança Internacional do Departamento de Defesa dos EUA, visitou o navio-hospital USNS Comfort e foi uma oradora convidada na cerimônia de encerramento na Jamaica, ao finalizar a 11ª missão médica do navio na América Central, América do Sul e Caribe, no dia 1º de novembro.

“Gostaria de destacar o ponto de vista de alguns líderes seniores do Departamento de Defesa [dos EUA] e por que a Jamaica é tão importante para nossos interesses de segurança”, disse Wheelbarger. “É muito importante para nós estarmos aqui hoje, não apenas para comemorar e honrar a grande missão que o USNS Comfort cumpriu nos últimos dias, mas também para reconhecer e representar uma vez mais a força e a parceria entre os EUA e a Jamaica.”

Durante a missão de seis dias do Comfort em Kingston, 800 profissionais de saúde da Marinha, Força Aérea, Exército e Saúde Pública dos EUA, junto com cinco nações parceiras, atenderam 6.511 pacientes em duas unidades médicas terrestres situadas na costa e realizaram 100 cirurgias a bordo do navio.

“A missão médica é uma das maiores e mais sofisticadas realizadas na Jamaica”, disse a Dra. Nicole Dawkins-Wright, diretora do gerenciamento de desastres emergenciais e serviços especiais do Ministério da Saúde da Jamaica. “Muitos jamaicanos que puderam ter seus procedimentos cirúrgicos realizados estão mais felizes e em uma melhor situação agora, por causa da missão.”

A missão do USNS Comfort é realizada através dos esforços do pessoal médico e não médico. Toda a equipe do navio é composta por militares e civis dos Estados Unidos e das nações parceiras, incluindo Argentina, Brasil, Canadá, México e Peru, além de diversas organizações não governamentais que formam uma equipe dinâmica e capacitada para prestar uma grande variedade de serviços.

“Nós discutimos todo o processo que seria desenvolvido durante o procedimento e os riscos envolvidos, para que eu pudesse entender tudo”, disse Steve McKrieth, que veio ao USNS Comfort para submeter-se a uma cirurgia para corrigir uma ruptura de ligamentos e uma fratura no pé. “Eu até tenho vontade de unir-me à Marinha dos EUA e tornar-me um médico também! Todos são tão joviais, amigáveis e sorridentes. Acho que [o USNS Comfort] salvou o meu dia.”

Essa foi a terceira visita do USNS Comfort à Jamaica e a sétima à região desde 2007. Em cada uma das missões, as equipes médicas embarcadas prestaram assistência a bordo do USNS Comfort e em unidades médicas terrestres, ajudando a aliviar a pressão sobre os sistemas médicos nacionais, inclusive os que foram afetados pelo aumento da migração nas fronteiras.

Share