Exército de Libertação Nacional diz que continuará armado

Por Dialogo
dezembro 28, 2011


A guerrilha esquerdista Exército de Libertação Nacional (ELN) garantiu que continuará “montada em armas” enquanto chega a verdadeira paz à Colômbia, segundo uma mensagem de Ano Novo divulgada em sua página na internet.



“Os esforços do ELN no ano vindouro continuarão respaldando as lutas do povo e da nação, e seremos incansáveis em nossos propósitos de lutar pela verdadeira paz para a Colômbia”, diz a mensagem assinada pelos comandos e combatentes do grupo rebelde.



“Enquanto não chega essa realidade, continuaremos montados em armas, dando um testemunho de rebeldia”, acrescenta o comunicado.



O ELN, a segunda maior guerrilha que combate na Colômbia, depois das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), conta com 2.500 integrantes segundo cifras do Ministério da Defesa.






Share