Mais de dois mil marinheiros de cinco países iniciam as manobras Unitas no Peru

More Than 2,000 Sailors from Five Countries Begin Unitas Exercise in Peru

Por Dialogo
maio 18, 2012









Mais de 2 mil marinheiros do Chile, Colômbia, México, Peru e Estados Unidos

iniciaram no dia 16 de maio o exercício naval multilateral Unitas 2012, no qual

simularão ações de luta contra o narcotráfico e o crime organizado na região,

informou a Marinha peruana.







“O objetivo destes exercícios é o treinamento para combate ao narcotráfico, o

contrabando e a pirataria em nossos países”, disse à AFP o

comandante Jorge Núñez, da Marinha de Guerra do Peru.







Durante as manobras, as unidades navais e aéreas realizarão exercícios de

guerra eletrônica, superfície, combate a submarinos, defesa aérea, bem como

operações anfíbias e de interdição marítima.







As operações durarão dez dias e serão realizadas na costa entre Huacho

(norte) e Pisco (sul), com a participação de fragatas, navios de desembarque,

submarinos, helicópteros e aeronaves de combate dos cinco países.







O Capitão Juan Aldana, da Marinha da Colômbia, declarou em uma entrevista

coletiva que estava feliz por ter chegado ao Peru com uma tripulação muito jovem,

que deseja compartilhar muitas experiências com as demais marinhas.







O Peru participa com cinco fragatas de mísseis, duas corvetas, um navio de

desembarque, dois submarinos, aviões Cessna A-37 e MB 339.







México, Chile e Colômbia contribuirão com helicópteros, embarcações e barcos

de patrulha, enquanto os Estados Unidos enviaram sua fragata de combate Underwood,

um helicóptero e um avião de patrulhamento marítimo.







Esta é a quinta vez, desde 2000, em que a costa peruana será cenário destes

exercícios navais multilaterais.







A primeira edição do Unitas ocorreu na Venezuela, em 1960, para treinar,

capacitar, cooperar e estabelecer vínculos de confiança entre as marinhas da

região.













Share