Detido chefe local de Los Zetas acusado de massacre no norte do México

Por Dialogo
maio 22, 2012


O Exército mexicano deteve um suposto chefe de uma célula do cartel de Los Zetas, conhecido como “um dos suspeitos responsáveis” pelo massacre de 49 pessoas na semana passada no norte do México, informou em 20 de maio o Ministério da Defesa.

A Defesa informou, em um comunicado, que Daniel Elizondo, vulgo “El Loco”, “líder de Los Zetas na praça de Cadereyta”, no estado de Nuevo León (norte), e onde no dia 13 de maio passado foram encontrados 49 cadáveres que tiveram as cabeças, pés e mãos cortados, “foi detido em função de uma operação de precisão” no dia 18 de maio.

Elizondo é supostamente “um dos principais responsáveis pela execução de 49 pessoas, cujos corpos foram abandonados” no dia 20 de maio, acrescentou o texto da Defesa, que neste 21 de maio apresentará o detido aos meios de comunicação da capital mexicana.

Este suposto chefe de Los Zetas foi detido em uma operação denominada “Rastrillo”, realizada pelo Exército na região de Cadereyta e suas cercanias, após terem sido encontrados os 49 cadáveres, um dos mais sangrentos massacres atribuídos ao narcotráfico no México.

Desde o dia 19 de maio, fontes da Promotoria de Nuevo León haviam mencionado a possibilidade de que Elizondo havia sido detido pelo Exército.

As autoridades deram como prováveis responsáveis pelo massacre Los Zetas, organização criminosa criada por ex-militares em meados dos anos 90.

No entanto, nos últimos dias foram divulgados anúncios que se presume sejam de Los Zetas, que se isentam dos fatos e acusam seus ex-aliados do cartel do Golfo.

O estado de Nuevo León e seu vizinho Tamaulipas (noroeste) vêm sendo abalados por uma escalada de violência desde 2010, atribuída pelas autoridades ao rompimento entre o Golfo e seu ex-braço armado Los Zetas.

Mais de 50 mil pessoas morreram desde dezembro de 2006 em consequência dos confrontos entre os cartéis de drogas e da ofensiva militar, incluindo um número indeterminado de cidadãos alheios ao crime organizado.





Share