JTF-Bravo fornece quase 11 toneladas de alimentos e realiza 15 resgates no Panamá

JTF-Bravo fornece quase 11 toneladas de alimentos e realiza 15 resgates no Panamá

Por Roberto López Dubois/Diálogo                                   
novembro 12, 2020

Membros da Força-Tarefa Conjunta Bravo (JTF-Bravo, em inglês), do Comando Sul dos EUA, continuam resgatando, apoiando e transportando pessoal de saúde para áreas afetadas por inundações e deslizamentos de terra causados pelo furacão Eta no Panamá.

Até o dia 11 de novembro, a equipe da JTF-Bravo realizou cerca de 15 resgates de pessoas que estavam presas em zonas de perigo devido a inundações. A missão dos EUA no Panamá também transportou cerca de 11 toneladas de alimentos, além de água, para comunidades na província de Chiriquí e na comarca de Ngabe-Buglé, que ficaram sem suprimentos por alguns dias após o furacão.

Membros da JTF-Bravo colaboraram com o Sistema Nacional de Proteção Civil do Panamá para fornecer suprimentos vitais e urgentes de água e mais de 4,5 toneladas de alimentos para uma comunidade panamenha que havia sido isolada por 96 horas após a passagem do furacão Eta, em 7 de novembro de 2020. (Foto: Capitão da Força Aérea dos EUA, Rachel Salpietra)

Além disso, a JTF-Bravo realizou voos de reconhecimento com seus helicópteros para determinar danos nas estradas e infraestruturas, e evacuou pessoas isoladas por inundações e deslizamentos de terra, além de transportar corpos de pessoas falecidas a partir de áreas sem acesso por via terrestre.

“Graças ao trabalho incansável da nossa equipe governamental, a solidariedade dos panamenhos e dos membros da JTF-Bravo, insumos médicos, medicamentos, bolsas de alimentos e equipamentos continuam chegando às comunidades afetadas em Bocas del Toro e Chiriquí”, disse o presidente do Panamá, Laurentino Cortizo, em sua conta no Twitter.

Entre os resgates realizados, o Escritório de Relações Públicas da JTF-Bravo destacou o de um homem de 70 anos e seu cão que foram encontrados com a saúde debilitada por falta de comida e água. “Nos disseram que ele caminhou por sete dias com seu cão, da província de Bocas [del Toro] até Chiriquí. Aparentemente, ele perdeu o seu cavalo no caminho devido a deslizes”, disse o Escritório de Relações Públicas da JTF-Bravo à Diálogo.

De acordo com o Capitão de Mar e Guerra da Marinha dos EUA Matthew Turner, oficial sênior do setor de cooperação em defesa no Panamá, alguns helicópteros HH-60 Black Hawk já estavam no país em preparação para uma operação, em conjunto com o Ministério da Segurança Pública, programada para janeiro de 2021, permitindo, assim, apoio imediato às áreas afetadas.

“Trabalhando juntos, conseguimos resgatar várias pessoas de locais de difícil acesso, além de [transportar] mais de 40.000 libras [mais de 18 toneladas] de ajuda humanitária, água, alimentos e medicamentos para pessoas que vivem em áreas rurais; temos uma colaboração muito próxima, e estamos felizes em poder ajudar o Panamá nestes tempos difíceis”, disse o CMG Turner.

O Escritório de Relações Públicas da JTF-Bravo indicou que, até a manhã de 11 de novembro, a força resgatou 118 pessoas na Guatemala, em Honduras e no Panamá e entregou mais de 81 toneladas de suprimentos vitais.

Share