Guiana e Estados Unidos otimizam treinamento militar conjunto

Guiana e Estados Unidos otimizam treinamento militar conjunto

Por Julieta Pelcastre/Diálogo
julho 26, 2021

O General de Brigada Godfrey Bess, chefe do Estado-Maior da Força de Defesa da Guiana (GDF, em inglês), e o General de Brigada do Exército dos EUA Lynn M. Heng, comandante do Componente Terrestre da Guarda Nacional do Exército de Nebraska, fizeram um acordo para fortalecer a capacitação militar entre as duas forças armadas, durante uma cerimônia na base militar Camp Ayanganna, na Guiana, no dia 7 de julho de 2021.

“É o que compartilham a Guiana e os Estados Unidos: uma relação sólida, saudável, respeitosa e valiosa”, disse no dia 8 de julho o presidente da Guiana, Irfaan Ali, na Embaixada dos EUA em Georgetown. “Esperamos contar com o apoio contínuo dos Estados Unidos para salvaguardar nossa democracia e nossa integridade territorial.”

“A Força de Defesa da Guiana está pronta para receber capacitação em várias esferas prioritárias, incluindo os programas de desenvolvimento de graduados, o apoio à capacitação e à educação militar”, disse a GDF em um boletim.

 

 

O General de Brigada Godfrey Bess, chefe do Estado-Maior da Força de Defesa da Guiana (à esq.), e o General de Brigada Lynn M. Heng, comandante do Componente Terrestre da Guarda Nacional do Exército de Nebraska dos EUA (à dir.), fizeram um acordo para fortalecer a capacitação militar conjunta, na base militar Camp Ayanganna, na Guiana, no dia 7 de julho de 2021. (Foto: Força de Defesa da Guiana)

Por outro lado, os oficiais de ambos os países avaliaram a possibilidade de que tropas da Guarda Nacional de Nebraska e do Exército Sul dos EUA (ARSOUTH, em inglês) participem dos cursos de certificação de selva e anfíbios ministrados pela Escola de Treinamento de Anfíbios e Selva Coronel Robert Mitchell, em Makouria, às margens do Rio Essequibo.

No encontro, o Gen Bda Bess sugeriu que integrantes da GDF fossem designados oficiais de ligação nas missões da Organização das Nações Unidas e propôs que uma delegação de alto nível fosse alistada nos programas de intercâmbio. A GDF acrescentou que o Gen Bda Heng, que também é diretor de Assuntos da Guarda Nacional do ARSOUTH, prometeu o apoio da instituição militar à GDF para o crescimento militar, “o que permitirá à Força atingir seus objetivos estabelecidos pela Constituição”, diz o comunicado.

Compromissos compartilhados

Os acordos foram formalizados 12 dias depois do encerramento do exercício anual multinacional Tradewinds 2021, no Caribe, patrocinado pelo Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM) e que teve a Guiana como país anfitrião, entre os dias 11 e 26 de junho. O Tradewinds reuniu contingentes militares de 12 países para melhorar a interoperabilidade em situações de desastres naturais e outras ameaças concentradas no Caribe, informou o SOUTHCOM em sua página na internet.

O Gen Bda Bess disse no Facebook que “o exercício [Tradewinds] foi um sucesso absoluto, sem vítimas ou lesões graves, e que proporcionou um ambiente de treinamento com alto grau de profissionalismo”. O exercício tático e operacional “foi uma demonstração de nosso compromisso compartilhado com a associação diante de desafios que compartilhamos e na busca de objetivos comuns”, acrescentou o presidente Ali

Share