Guatemala: 17 membros do Los Zetas condenados à prisão

Por Dialogo
julho 17, 2012



CIDADE DA GUATEMALA – Uma corte local condenou 17 guatemaltecos supostamente envolvidos com a organização criminosa Los Zetas a penas que variam de 8 a 83 anos de prisão por lavagem de dinheiro e conspiração para cometer três homicídios, entre outros crimes.
O juiz Jazmí­n Barrios disse que os sentenciados foram capturados em julho passado em uma festa no departamento de Quiché, 250 km ao norte da Cidade da Guatemala, na divisa com o México.
Entre eles está Kevin Overdick, filho do suposto chefão das drogas Horst Walter Overdick Mejía, que foi preso em abril na periferia da Cidade da Guatemala. Kevin Overdick foi condenado a 31 anos.
Os líderes do Los Zetas, Oscar Tiul, vulgo “Comandante Cereja”, e Sebastián Choc Cac, vulgo “Comandante Machucazo”, foram sentenciados a 83 anos de prisão cada.

[AFP, 17/07/2012; S21.com.gt (Guatemala), 17/07/2012]

Share