Governos estrangeiros colaboram com investigação sobre atentado na Colômbia

Por Dialogo
maio 18, 2012


O ministro da Defesa da Colômbia, Juan Carlos Pinzón, revelou hoje que devido à técnica utilizada no atentado terrorista de 15 de maio contra o ex-ministro do Interior, Fernando Londoño, o governo solicitou a assistência de países amigos na investigação para esclarecer os motivos e os autores materiais e intelectuais do mesmo.

“Estamos acudindo estes governos amigos, como já o fizemos em outras ocasiões, para podermos intercambiar informações e ser mais efetivos nessas investigações”, afirmou Pinzón.

O ministro garantiu que não serão poupados esforços para que se chegue o mais rápido possível aos responsáveis pelo atentado terrorista que deixou dois mortos e mais de 40 feridos.

O titular da Defesa afirmou que por enquanto não se descarta nenhum grupo terrorista como responsável pelo atentado, mas advertiu que só durante o processo de investigação serão divulgados os resultados dos possíveis autores materiais e intelectuais.

Por fim, o ministro da Defesa afirmou que a força pública continuará perseguindo todos os grupos terroristas e criminosos, para continuar avançando no restabelecimento da segurança do povo colombiano.



Share