Forças Militares da Colômbia desferem golpe contra grupo armado organizado residual

Forças Militares da Colômbia desferem golpe contra grupo armado organizado residual

Por Myriam Ortega/Diálogo
setembro 22, 2020

No início de agosto, a Marinha da Colômbia e o Exército Nacional desferiram um duro golpe contra o grupo armado organizado residual (GAO-r) Estrutura Sexta, que pratica crimes no Pacífico colombiano. Em três operações, as Forças Militares apreenderam um semissubmersível e mais de 1 tonelada de maconha e capturaram dois membros do grupo.

Tropas do 24º Batalhão Fluvial de Fuzileiros Navais, lotadas na 2ª Brigada de Fuzileiros Navais, e do 2º Batalhão contra o Narcotráfico do Exército, encontraram o semissubmersível na área geral do Rio Naya. O artefato de 30 metros de comprimento era capaz de transportar até 8 toneladas de substâncias ilícitas, disse à Diálogo o Capitão de Mar e Guerra (FN) do Corpo de Fuzileiros Navais da Colômbia José Domingo Cantillo Caro, chefe do Estado-Maior da 2ª Brigada de Fuzileiros Navais.

“O aparato naval foi construído com uma característica especial, que é o fato de ser interoceânico; uma embarcação como essa chega ao México, à América Central, sem qualquer problema, e isso é o que chama a atenção”, explicou o CMG Cantillo. “Encontramos aqui no Pacífico estaleiros artesanais onde constroem esse tipo de artefatos escondidos dentro dos manguezais, e pouco a pouco vão montando um semissubmersível no espaço de dois ou três meses, mais ou menos.”

Foram apreendidos perto do semissubmersível mais de 680 litros de combustível tipo diesel, o que, segundo indicou a Marinha em um comunicado, seria indício de que estava pronto para ser carregado com substâncias ilícitas. A embarcação, avaliada em cerca de US$ 1 milhão, foi destruída nessa área, informou a Marinha.

De 1º de janeiro a 15 de agosto de 2020, de acordo com o CMG Cantillo, a 2ª Brigada de Fuzileiros Navais apreendeu quatro semissubmersíveis, 5.900 quilos de maconha, cerca de 8 toneladas de cloridrato de cocaína, e deteve 14 pessoas, todas essas ações contra a Estrutura Sexta.

Outro golpe contra o GAO-r ocorreu no estado de Valle del Cauca, quando militares  do Exército capturaram dois integrantes de uma coluna da Estrutura Sexta durante uma invasão. De acordo com um comunicado do Exército, os capturados, conhecidos como Negro e Mechas, administravam o maior centro de armazenagem de drogas do setor.

No local também foi encontrado um veículo carregado com 774 kg de maconha, informou o Exército. Durante outra invasão no estado de Cauca, unidades do Exército encontraram 18 pacotes com 270 kg de maconha.

Share