O Segundo Grupo de Ataque Expedicionário dos EUA avalia danos causados pelo furacão Matthew no Haiti

Expeditionary Strike Group 2 Assesses Hurricane Matthew Damage in Haiti

Por Expeditionary Strike Group 2 Public Affairs
outubro 10, 2016

Porto Príncipe, Haiti – O Contra Almirante Roy I. Kitchener, comandante do 2˚Grupo Expedicionário de Ataque (ESG-2, por sua sigla em inglês), voou para o Haiti dia 9 de outubro para avaliar os danos causados pelo furacão Matthew. O navio anfíbio USS Mesa Verde chegou no domingo (9) depois de zarpar de Norfolk, Virgínia, dia 5 de outubro para prover ajuda humanitária e auxílio pós-desastre. Kitchener reuniu-se com o embaixador dos Estados Unidos para o Haiti, Peter F. Mulrean, que está ajudando a coordenar os esforços de ajuda advinda de muitas organizações governamentais e não-governamentais e outras agências. Mulrean visitou o Mesa Verde para aprender sobre as capacidades do navio e conhecer seus marinheiros e os Fuzileiros da 24ͣ Unidade Naval Expedicionária (MEU, por sua sigla em inglês) que estão embarcados. "ESG-2, Mesa Verde e a 24ͣ MEU são parte de uma resposta mais ampla dos Estados Unidos a um pedido de ajuda humanitária feito pelo governo do Haiti”, disse Kitchener. Os esforços do país são coordenados pelo Departamento de Estados em conjunto com a Agência para o Desenvolvimento Internacional dos EUA (USAID). Estamos aqui para fazer nossa parte de um mais amplo esforço para ajudar a população haitiana depois deste devastador furacão.” Kitchener também se reuniu com o Contra Almirante Cedric Pringle, comandante da Força-Tarefa Matthew, membros da Missão de Estabilização no Haiti (MINUSTAH) e Forças brasileiras para discutir ações de auxílio combinadas. “Estamos empenhados em trabalhar em estreita colaboração com nossos parceiros internacionais para fornecer aos haitianos o apoio de que necessitam", acrescentou Kitchener. As Forças Armadas dos EUA têm um histórico de apoiar missões de alívio lideradas pela USAID e de trabalhar com organizações de ajuda internacional e os países anfitriões para ajudar pessoas atingidas por catástrofes. Outro navio tipo ESG 2 e o navio anfíbio de assalto USS Iwo Jima zarparam no sábado para prestar assistência e devem chegar ao Haiti até o final desta semana. --- Resumo da ajuda prestada pelas Forças Armadas dos EUA às vítimas do furacão Matthew no Haiti - Os militares americanos já distribuíram quase 50 toneladas de ajuda humanitária até agora. - O USS Mesa Verde apoia a missão na costa do Haiti. - 12 helicópteros e uma aeronave de pouso e decolagem rápidos apoiam a missão. - USS Iwo Jima, com 500 Fuzileiros Navais, aeronaves, navios de desembarque e 225 pallets de auxílio estão a caminho do Haiti.
Share