EUA asseguram que o tráfico de drogas proveniente da Venezuela aumentou nos últimos meses

EUA asseguram que o tráfico de drogas proveniente da Venezuela aumentou nos últimos meses

Por Voz da América (VOA)/Editado pela equipe da Diálogo
outubro 07, 2020

Desde abril de 2020, o Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM) tem observado um aumento no tráfico de drogas através e a partir da Venezuela, em direção à América Central e à Europa, informaram dois funcionários do governo dos EUA, no dia 28 de agosto.

“A Venezuela se tornou um paraíso criminoso […] para narcoterroristas e traficantes de drogas”, disse o Contra-Almirante da Guarda Costeira dos EUA Andrew Tiongson, diretor de Operações do SOUTHCOM.

Em uma teleconferência com jornalistas, o C Alte Tiongson afirmou que sua equipe viu um aumento tanto no fluxo de narcóticos quanto nos voos que partem da Venezuela e passam por países centro-americanos, incluindo a Guatemala.

O diretor de operações explicou que devido à COVID-19 e às operações antinarcóticos lançadas pelos EUA, os traficantes de drogas foram obrigados a mudar as rotas e os métodos para alcançar seus objetivos.

“Vimos que […] os traficantes mudaram seus métodos, devido ao fechamento de portos e aeroportos. Os narcotraficantes foram obrigados a se adaptar e assim o fizeram”, disse a embaixadora Jean Manes, adjunta civil e assessora sênior de política exterior do SOUTHCOM.

O C Alte Tiongson afirmou que sua unidade está trabalhando para “detectar, desmontar e derrotar os traficantes de drogas” e enfatizou uma recente apreensão realizada pela Guarda Costeira dos EUA de mais de 12.000 quilos de cocaína e maconha, em sua área de operações.

“Essas operações são parte relevante do nosso constante compromisso para com nossos aliados na região”, concluiu.

Share