Equador continua a retirada de minas terrestres

Por Dialogo
dezembro 02, 2011


O Equador revelou que conseguiu liberar mais de 70 mil metros quadrados de minas antipessoais.

O comunicado foi divulgado na reunião da Convenção de Ottawa que, neste ano (2011), é realizada em Phnom Penh.

A assessora do serviço exterior do Equador, Vernica Aguilar, disse que o objetivo inicial era limpar cerca de 10 mil metros quadrados, mas que o governo conseguiu superar este número.

A funcionária disse que essa cifra ainda pode aumentar, mas que a “produtividade cai quando entramos na selva e temos que retirar as minas manualmente, em condições climáticas muito adversas”.

Parte do trabalho foi feito com maquinário especial e, segundo Aguilar, outras regiões do país participarão do programa, que deve terminar em 2013.

A Convenção de Ottawa regula o emprego, a armazenagem, a produção, a venda e a destruição de minas antipessoais, e sua missão é tornar o mundo livre de tais artefatos.



Share