Detido na Colômbia narcotraficante procurado pelos EUA

Por Dialogo
junho 25, 2013


O Exército colombiano informou, em 21 de junho, que deteve na cidade de Medellín o narcotraficante colombiano Hugo Armando Valencia, vulgo “el Topo”, que tinha pedido de extradição por parte dos Estados Unidos.



“Durante uma operação militar foi capturado na cidade de Medellín Hugo Armando Valencia, vulgo “el Topo”, narcotraficante responsável pela introdução de drogas ilícitas da América do Sul na América Central, Caribe, Europa, Reino Unido e Estados Unidos”, informou o Exército em sua página na internet.



Valencia é “acusado de traficar US$ 17,5 milhões em entorpecentes” e de “coordenar o envio de mais de 1,6 tonelada de cocaína e grande quantidade de heroína”.



Segundo as autoridades, o criminoso havia modificado seus traços físicos para evitar ser detido, “identificou-se com documentos falsos” e “tentou fugir” quando ia ser capturado.



São atribuídos a ele vínculos com importantes cartéis de drogas da Colômbia e da América Central, além do conhecido cartel de Sinaloa, no México.



O pedido de extradição de Valencia foi feito em 2007 “pelo Distrito Federal da Flórida, EUA, pelo crime de conspiração para tráfico de heroína”, segundo o Exército.



Desde 1980 a Colômbia e os Estados Unidos mantêm em vigor um tratado de extradição. O Ministério da Justiça, a Corte Suprema de Justiça e o presidente da Colômbia são os responsáveis por avaliar as extradições dos cidadãos colombianos ligados ao narcotráfico.



A Colômbia é o principal produtor mundial de cocaína, com 345 toneladas em 2011, segundo cifras da ONU.






Share