DARPA cria bombas em microescala para evacuar pequenas câmaras de vácuo

DARPA Creates Microscale Pumps to Evacuate Tiny Vacuum Chambers

Por Dialogo
junho 14, 2013


Pesquisadores financiados pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) fizeram demonstrações recentemente com as menores bombas a vácuo do mundo. Essa tecnologia inovadora pode criar novas aplicações de segurança nacional em eletrônica e sensores que necessitem de vácuo: analisadores de gás altamente sensíveis que podem detectar ataques químicos ou biológicos, acertar com extrema precisão relógios atômicos com chips e resfriamento a laser e criar tubos de vácuo em microescala.



Em 2008, o programa de Microbombas a Vácuo com Chip (CSVMP) da DARPA foi lançado para criar uma nova classe de microbombas a vácuo de desempenho extremamente alto. O programa atingiu o objetivo final de pressão a vácuo de 10-6 Torr (1 Torr é 1/760 de 1 atmosfera) para um compartimento minúsculo de 1 mm3 com as bombas menores e mais eficientes jamais criadas.



“O processo de criar um vácuo em um compartimento suficientemente grande para testar uma nave espacial, por exemplo, é relativamente simples”, disse Andrei Shkel, administrador do programa da DARPA. “Um compartimento selado, uma grande bomba e bastante energia é tudo de que se necessita. Essa abordagem não reduz as câmaras de vácuo em microescala que são ligeiramente maiores do que um grão de areia. Precisamos aproveitar novos tipos de física para desenvolver essas bombas, que requerem precisão e técnicas de miniaturização jamais tentadas anteriormente. Os resultados estão agora disponíveis para futuras aplicações nos menores e mais sensíveis dispositivos eletrônicos e sensores”.



O programa chegou a uma bem-sucedida conclusão e os pesquisadores da DARPA da Universidade de Michigan, da Honeywell International, Inc. e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) demonstraram suas bombas.






Share