• Home »
  • Notícias »
  • Cooperação de Segurança da Embaixada dos EUA prestam assistência a Honduras durante a pandemia da COVID-19

Cooperação de Segurança da Embaixada dos EUA prestam assistência a Honduras durante a pandemia da COVID-19

Cooperação de Segurança da Embaixada dos EUA prestam assistência a Honduras durante a pandemia da COVID-19

Por Steven McLoud/Diálogo
maio 21, 2020

Cerca de 700 famílias hondurenhas são beneficiárias dos kits de assistência humanitária que o Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM) enviou ao Sistema Nacional de Gerenciamento de Risco (SINAGER) de Honduras, no dia 8 de maio.

Esses 700 kits de higiene contêm sabonetes, pastas de dentes, escovas, toalhinhas sanitárias, papel higiênico e shampoo e foram destinados aos setores prioritários de Honduras.

A doação foi uma resposta ao pedido da agência da Comissão Permanente de Contingências (COPECO) do governo hondurenho, que solicitou suprimentos para que possam responder a emergências, devido à estação de chuvas.

Desde que começou a crise da COVID-19 em Honduras, em meados de março, o Gabinete de Cooperação de Segurança (SCO, em inglês) da Embaixada dos EUA em Honduras, através do Programa de Assistência Humanitária (HAP, em inglês) do SOUTHCOM, já doou suprimentos médicos, kits de higiene e equipamentos de proteção pessoal (EPP) avaliados em mais de US$ 150.000.

No final de abril, o SOUTHCOM também entregou à COPECO um lote de EPP para o SINAGER, que foi mais tarde distribuído entre as equipes de primeiros auxílios que estão trabalhando nas linhas de frente do combate à COVID-19.

A entrega foi feita pelo Coronel da Força Aérea dos EUA Francisco Rivera, chefe do SCO em Honduras. Os EPP consistiram de 1.500 máscaras KN 95, 5.000 luvas de nitrilo, 246 litros de desinfetantes para as mãos, 1.500 aventais para as equipes médicas e seis termômetros infravermelhos. Além do SINAGER e da COPECO, o Hospital Nacional Pulmonar e o Hospital Salvador Paredes de Honduras também receberam donativos.

“Durante a última década, o SOUTHCOM tem colaborado constantemente na construção da capacidade da COPECO em Honduras, através de uma série de projetos do HAP”, disse o Cel Rivera. “Entre 2010 e 2020, os fundos do HAP foram utilizados para construir Centros de Operações de Emergência/Depósitos para Ajuda em Desastres (EOC/DRW, em inglês) para os escritórios regionais da COPECO em Tegucigalpa, San Pedro Sula, Gracias a Díos, El Paraiso, Atlántida e Choluteca.”

Essas instalações, que mostram placas comemorativas enaltecendo a doação do SOUTHCOM, estão totalmente equipadas atualmente para responder a desastres naturais e causados pelo homem, acrescentou o Cel Rivera. Para a COVID-19, todos os EOC/DRW estão ativos e prestando assistência.

Share