Comandante da 4ª Frota realiza evento Diálogos Marítimos de Estado-Maior com a Marinha de Guerra do Peru

Comandante da 4ª Frota realiza evento Diálogos Marítimos de Estado-Maior com a Marinha de Guerra do Peru

Por DVIDS/Editado pela equipe da Diálogo
outubro 09, 2020

O Contra-Almirante da Marinha dos EUA Don Gabrielson, comandante das Forças Navais do Comando Sul dos EUA/4ª Frota, recebeu, no dia 23 de setembro de 2020, líderes da Marinha de Guerra do Peru para o evento anual Diálogos Marítimos de Estado-Maior (MST, em inglês) entre os Estados Unidos e o Peru.

Os MST apoiam a estratégia global dos EUA, criando e fortalecendo as relações de trabalho entre os Estados Unidos e as nações parceiras, além de aprimorar a interoperabilidade por meio de reuniões presenciais. Este ano, devido à pandemia da COVID-19, as MST foram realizadas virtualmente, através da Rede de Acesso a Todos os Parceiros (APAN, em inglês) e do Sistema de Empreendimento Combinado Regional de Intercâmbio de Informações (CENTRIXS, em inglês).

Representantes da Marinha do Peru, da Marinha dos EUA, do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA e da Guarda Costeira dos EUA participaram do evento.

O C Alte Gabrielson liderou a delegação dos EUA junto com o Contra-Almirante (FN) Phillip Frietze, comandante das Forças do Corpo de Fuzileiros Navais, Sul, dos EUA, e do Contra-Almirante Brian Penoyer, do Distrito Onze da Guarda Costeira dos EUA. O Contra-Almirante Rodolfo Sablich, adjunto do Estado-Maior da Marinha, o Contra-Almirante Jose Antonio Regalado, comandante da Força do Corpo de Fuzileiros Navais, o Contra-Almirante Jorge Martín Zegarra, adido Naval em Washington, D.C., e o Contra-Almirante Werner Meier Von Schierenbeck, comandante de Operações da Guarda Costeira, lideraram a delegação peruana.

Os tópicos dos MST incluíram discussões sobre o exercício marítimo multinacional UNITAS LXII (62), que será realizado em setembro de 2021. O Peru sediará o UNITAS LXII no próximo ano para comemorar o bicentenário da Marinha do Peru. As duas delegações também realizaram os preparativos iniciais para o Exercício Forças Silenciosas (SIFOREX, em inglês), um exercício bianual e bilateral de combate antissubmarino (ASW, em inglês) sediado pela Marinha do Peru. Como ocorreu com todos os MST este ano, as delegações norte-americanas e peruanas compartilharam as lições aprendidas sobre o gerenciamento de crises sanitárias, através das experiências respectivas de cada país durante a pandemia da COVID-19.

“Os Estados Unidos e o Peru mantêm um relacionamento marítimo estreito desde 1920, quando teve início a missão naval dos EUA no Peru. Os temas que abordamos atualmente e a fluidez de nossas discussões ressaltam uma amizade amadurecida e especial, com tópicos que cobrem todo o espectro das operações navais. Agradecemos especialmente por aprender da experiência adquirida pela Marinha do Peru durante a pandemia. Foi inspirador ouvir suas histórias pessoais e profissionais de liderança e serviços. Temos muito o que esperar em 2021, especialmente ajudando o Peru a comemorar o bicentenário de sua Marinha”, disse o C Alte Gabrielson.

Share