Marinha colombiana apreende 1.123 kg de cocaína supostamente pertencentes às FARC

Por Dialogo
dezembro 09, 2014



A Marinha colombiana informou ter confiscado 1.123 kg de cocaína que pertenceriam às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), o maior grupo terrorista do país.

As forças de segurança descobriram a cocaína na foz do Rio Mira, no Estado de Nariño, no sudoeste do país. A cocaína tinha sido dividida em 1.168 pacotes.

A cocaína, que pertenceria à Frente Daniel Aldana das FARC, foi avaliada em US$ 30 milhões e teria saído do país pelo Oceano Pacífico, informou a Marinha. A Marinha confiscou mais de 30 t de cocaína na costa do Oceano Pacífico do país em 2014.

Polícia peruana prende suspeito que teria tentado contrabandear drogas dentro do corpo de cães


A polícia peruana capturou um cidadão mexicano de 22 anos de idade, por supostamente tentar transformar dois cães em mulas de drogas.

Giussepe Tombolan é o primeiro suspeito preso no país andino por supostamente tentar contrabandear drogas dentro de cães. Forças de segurança peruanas o capturaram durante uma operação em um hotel de Lima. Ele teria colocado pacotes contendo 2,9 kg de cocaína dentro do estômago de dois cães da raça São Bernardo, de acordo com o chefe da polícia local, Basilio Grossman.

Um veterinário retirou as bolsas cheias de cocaína dos cães, um macho chamado Bombon e uma fêmea chamada Lola, por meio de cirurgia. Eles estavam sofrendo de peritonite, que é a inflamação do peritônio, o tecido fino que reveste a parede interna do abdômen e cobre a maior parte dos órgãos abdominais.

Bombon morreu de infecção em 5 de dezembro, de acordo com a agência estatal de notícias Andina
, do Peru.

Marinha colombiana apreende torpedo destinado ao transporte de drogas


A Marinha colombiana apreendeu recentemente um torpedo semissubmersível de quatro metros de comprimento que poderia transportar 200 kg de cocaína por 10 horas antes do reabastecimento, disse o Coronel Carlos Mario Diaz, comandante da Segunda Brigada de Fuzileiros Navais.

As forças de segurança encontraram o torpedo, supostamente o primeiro de seu tipo na Colômbia, quando a Marinha invadiu três acampamentos na costa do Pacífico, que pertenceriam ao Los Rastrojos, um dos maiores grupos de narcotráfico do país. Não foram efetuadas detenções durante as operações nos acampamentos, cada um com capacidade para acomodar até 30 pessoas.

Menos homicídios no México


A promessa do presidente do México, Enrique Peña Nieto, de combater narcotraficantes e grupos do crime organizado está dando resultados.

O país deve registrar 15.000 homicídios em todo o país neste ano, o que representa uma queda de quase 18% em relação a 2013, de acordo com o subsecretário para Prevenção da Criminalidade, Roberto Campa Crime Cifrián, que falou aos jornalistas em 6 de dezembro.

Peña Nieto tem concentrado sua estratégia de combate ao crime nos estados de Guerrero, Chihuahua, Nuevo León, Durango, Coahuila, Colima e Michoacán.

Paraguai: SENAD detém nove suspeitos e apreende 415 kg de maconha


A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD) prendeu nove suspeitos envolvidos com a apreensão de 415 kg de maconha e dois pequenos aviões que pertenceriam à organização criminosa do narcotraficante Bernardino Quiñónez Portillo. Os traficantes utilizavam os aviões para transportar cargas de cerca de 500 quilos de maconha, pelo menos uma vez por mês, do Aeroporto de Coronel Oveido – a capital do departamento de Caaguazú – para a Argentina, de acordo com o Ministério Público do Paraguai

Policiais da SENAD fizeram as apreensões na cidade de Coronel Oveido em 5 de dezembro. Eles também confiscaram uma picape Toyota Hilux e combustível de jato durante a operação.

Em janeiro de 2014, agentes da SENAD capturaram Quiñónez, também conhecido como “Nair”, na cidade de Lique, no departamento de Central.


A Marinha colombiana informou ter confiscado 1.123 kg de cocaína que pertenceriam às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), o maior grupo terrorista do país.

As forças de segurança descobriram a cocaína na foz do Rio Mira, no Estado de Nariño, no sudoeste do país. A cocaína tinha sido dividida em 1.168 pacotes.

A cocaína, que pertenceria à Frente Daniel Aldana das FARC, foi avaliada em US$ 30 milhões e teria saído do país pelo Oceano Pacífico, informou a Marinha. A Marinha confiscou mais de 30 t de cocaína na costa do Oceano Pacífico do país em 2014.

Polícia peruana prende suspeito que teria tentado contrabandear drogas dentro do corpo de cães


A polícia peruana capturou um cidadão mexicano de 22 anos de idade, por supostamente tentar transformar dois cães em mulas de drogas.

Giussepe Tombolan é o primeiro suspeito preso no país andino por supostamente tentar contrabandear drogas dentro de cães. Forças de segurança peruanas o capturaram durante uma operação em um hotel de Lima. Ele teria colocado pacotes contendo 2,9 kg de cocaína dentro do estômago de dois cães da raça São Bernardo, de acordo com o chefe da polícia local, Basilio Grossman.

Um veterinário retirou as bolsas cheias de cocaína dos cães, um macho chamado Bombon e uma fêmea chamada Lola, por meio de cirurgia. Eles estavam sofrendo de peritonite, que é a inflamação do peritônio, o tecido fino que reveste a parede interna do abdômen e cobre a maior parte dos órgãos abdominais.

Bombon morreu de infecção em 5 de dezembro, de acordo com a agência estatal de notícias Andina
, do Peru.

Marinha colombiana apreende torpedo destinado ao transporte de drogas


A Marinha colombiana apreendeu recentemente um torpedo semissubmersível de quatro metros de comprimento que poderia transportar 200 kg de cocaína por 10 horas antes do reabastecimento, disse o Coronel Carlos Mario Diaz, comandante da Segunda Brigada de Fuzileiros Navais.

As forças de segurança encontraram o torpedo, supostamente o primeiro de seu tipo na Colômbia, quando a Marinha invadiu três acampamentos na costa do Pacífico, que pertenceriam ao Los Rastrojos, um dos maiores grupos de narcotráfico do país. Não foram efetuadas detenções durante as operações nos acampamentos, cada um com capacidade para acomodar até 30 pessoas.

Menos homicídios no México


A promessa do presidente do México, Enrique Peña Nieto, de combater narcotraficantes e grupos do crime organizado está dando resultados.

O país deve registrar 15.000 homicídios em todo o país neste ano, o que representa uma queda de quase 18% em relação a 2013, de acordo com o subsecretário para Prevenção da Criminalidade, Roberto Campa Crime Cifrián, que falou aos jornalistas em 6 de dezembro.

Peña Nieto tem concentrado sua estratégia de combate ao crime nos estados de Guerrero, Chihuahua, Nuevo León, Durango, Coahuila, Colima e Michoacán.

Paraguai: SENAD detém nove suspeitos e apreende 415 kg de maconha


A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD) prendeu nove suspeitos envolvidos com a apreensão de 415 kg de maconha e dois pequenos aviões que pertenceriam à organização criminosa do narcotraficante Bernardino Quiñónez Portillo. Os traficantes utilizavam os aviões para transportar cargas de cerca de 500 quilos de maconha, pelo menos uma vez por mês, do Aeroporto de Coronel Oveido – a capital do departamento de Caaguazú – para a Argentina, de acordo com o Ministério Público do Paraguai

Policiais da SENAD fizeram as apreensões na cidade de Coronel Oveido em 5 de dezembro. Eles também confiscaram uma picape Toyota Hilux e combustível de jato durante a operação.

Em janeiro de 2014, agentes da SENAD capturaram Quiñónez, também conhecido como “Nair”, na cidade de Lique, no departamento de Central.
Share