Narcotraficante colombiano ‘Fritanga’ aguarda extradição aos EUA

Por Dialogo
outubro 15, 2012



BOGOTÁ — Os colombianos não param de falar sobre o contraste entre os estilos de vida de dois grandes traficantes de drogas que fizeram de tudo para ocultar suas identidades — mas mesmo assim, acabaram presos.
Daniel Barrera, vulgo “El Loco”, é um dos traficantes de drogas mais procurados do mundo. Ele manteve a discrição na Venezuela e até tentou apagar suas impressões digitais queimando-as com ácido para confundir as autoridades. No outro extremo, Camilo Torres aproveitava a vida boa e exibia sua riqueza. Ele conseguiu forjar a própria morte mas, depois, acabou se entregando ao realizar uma festa de casamento exuberante em uma ilha caribenha.
Hoje, Torres ocupa uma cela apertada no norte da Colômbia enquanto aguarda a extradição aos Estados Unidos sob acusações relacionadas a drogas. “O homem está pronto para ser extraditado”, afirmou um porta-voz da Procuradoria Geral colombiana ao Diálogo. “Ele já foi notificado.”
Membro de alto escalão da organização de tráfico de drogas Los Urabeños, Torres ganhou o apelido de “Fritanga” (Fritada) porque costumava oferecer a seus convidados pratos enormes de carne frita, uma iguaria colombiana conhecida como fritanga.
Em 1º de julho, a polícia colombiana invadiu a festa de casamento de Torres, que acontecia no Hotel Punta Faro, na ilha de Múcura, no Golfo de Morosquillo. A região é famosa pela constante movimentação de embarcações com drogas que partem para a América Central.

Invasão a hotel marca segunda prisão de Fritanga desde 2008

O hotel de luxo — onde os quartos custam entre US$ 300 e US$ 700 (R$ 600 a 1.400) a noite — fica perto de uma mansão abandonada que já pertenceu a Salvatore Mancuso, um antigo homem forte paramilitar extraditado aos Estados Unidos em 2008. Em 2000, paramilitares sequestraram nove pessoas na ilha.
Segundo uma fonte, a princípio, os proprietários do Punta Faro não sabiam que realizavam a festa de casamento de um traficante de drogas.
Torres e sua futura noiva já haviam se hospedado no hotel duas vezes e pareciam um casal normal. Mas na terceira noite do casamento, o hotel estava lotado de grandes nomes da música, artistas de TV e prostitutas entre os mais de 200 convidados — e os donos começaram a suspeitar que havia algo errado. Torres pagou metade do hotel e das despesas de casamento adiantado, mas os proprietários ficaram com o resto da conta depois que o narcotraficante deixou o local algemado.
Foi a segunda vez que Torres foi preso. Em 2008, ele foi detido por acusações relacionadas a drogas mas acabou solto logo depois. Então, ele caiu no esquecimento depois de forjar a própria morte em 2010 convencendo um médico a falsificar um atestado de óbito.
Agora, sabe-se que o médico Augusto Gallego, capturado em 7 de agosto, pode ter ajudado ao menos dois outros traficantes de drogas e líderes paramilitares a forjar a própria morte para evitar a prisão.

Forjar a própria morte é uma tática comum entre barões de drogas

Na verdade, o grupo de reflexão de Bogotá Insight Crime afirma que fingir estar morto é uma das melhores maneiras de evitar a prisão. Depois que o ex-chefe do mexicano Cartel de Juárez, Amado Carrillo Fuentes, morreu durante uma cirurgia plástica em 1997, muitos mexicanos acreditaram que o barão havia armado a própria morte e vivia à solta.
Mais recentemente, observou o Insight Crime, alguns especialistas supõem que “El Chayo”, líder do cartel de drogas Familia Michoacana, pode ter forjado a própria morte também. Ele foi morto em um tiroteio com a polícia mexicana em 2010, mas seu corpo nunca foi encontrado. Embora não haja provas, existem especulações de que “El Chayo” pode ter simulado a própria morte para assumir o controle do cartel Cavaleiros Templários clandestinamente.
Forjar a própria morte deu certo para Fritanga — até que sua festa de casamento o entregou. Em contraste, Barrera, conhecido como “El Loco” por suas violentas mudanças de humor, tentou confundir as autoridades colombianas mudando a própria identidade.
Barrera trabalhou com guerrilheiros das FARC e paramilitares nos últimos 20 anos para montar uma rede de narcotráfico enorme na Colômbia. Reportagens da mídia local afirmam que Barrera amputou o dedo direito de um de seus irmãos mortos para legalizar documentos financeiros e comerciais sem ser detectado. Mas com o cerco de agentes da lei no final de 2000, ele atravessou a fronteira para a Venezuela.

Barrera mantinha a discrição na Venezuela

Diferente de Torres, Barrera adotou um estilo de vida modesto enquanto viveu na Venezuela. Ele se passou por um fazendeiro local e comumente se hospedava em hotéis baratos na cidade fronteiriça de San Cristóbal, que é o local de nascimento de Ilich Ramirez Sánchez, o terrorista conhecido como Carlos, o Chacal.
Barrera dispensou guarda-costas e, em vez disso, andava na companhia de uma mulher que também dirigia para ele. Ele também preferia os telefones públicos aos celulares.
De acordo com a polícia colombiana, Barrera se submeteu a uma plástica facial completa e emagreceu vários quilos para mudar a aparência. Ele também tentou queimar suas impressões digitais com ácido em uma frigideira.
“Ele era muito cortês e reservado”, disse um funcionário de hotel ao jornal londrino Daily Telegraph. “Ele dava gorjetas generosas e não gostava de ser incomodado. Nós notamos as marcas em suas mãos, mas jamais imaginamos que ele se queimou deliberadamente.”
A mentira sobre o desaparecimento de Barrera foi descoberta em setembro, quando autoridades colombianas detectaram sua presença em San Cristóbal e alertaram as autoridades venezuelanas. Eles grampearam 69 telefones públicos que achavam que Barrera usava para entrar em contato com os sócios e familiares, conta o ministro do Interior venezuelano, Tarek el Aissami.
Autoridades venezuelanas prenderam Barrera em 1º de setembro enquanto ele usava um telefone público. No momento de sua captura, ele portava uma identidade colombiana falsa em nome de José Tomás Lucumi Popo. Depois, o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, alardeou a queda de Barrera, chamando-o de “o último dos grandes barões”.
nos dois casos por mais que tenham tratado de fugir da justiça caíram por eles mesmos. definitivamente o serviço de inteligência de nossa polícia é o #1 A verdade é que estes dois jogadores, o Fritanga e El Loco são da primeira divisão e temos de elogiá-los e desejar que desfrutem, porém bem tranquilooosss eles não são imortais totalmente e agora na prisão são muito mais perigosos porque lhes sobra tempo para pensar, organizar e realizar o que quiserem. Além do mais com isso se consegue algo que beneficie a sociedade, parece-me que nós que trabalhamos e pomos em nosso ombro a pesada carga da legalidade, não nos beneficiamos absolutamente em nada e os que vivem disso não vão baixar os braços ao contrário, ao ter menos forte competição eles vão se fortalecer. Deixemos de lado as drogas, as viagens ao espaço, salários suculentos e vamos tratar de muita, mas muita gente que está lutando no dia a dia por uma vida melhor. Uma saudação do Uruguai enviada por um trabalhador de 16 horas por dia com profissão de padeiro e sempre correndo. Se nós seres humanos fôssemos mais igualitários a respeito da distribuição das Riquezas econômicas e cada um pudesse obter: uma moradia digna, um emprego estável e bem-remunerado para suprir as necessidades primárias de sua manutenção, além de uma boa educação e uma eficaz cobertura de serviços de saúde, ninguém se dedicaria ao narcotráfico nem a nenhuma atividade ilícita. Isso eu posso assegurar. Aprenda a criar a criança, para que não tenhas que castigar o adulto! digam o que disserem o mundo está podre por culpa dos vícios da humanidade corrupta e respeito pelos outros este mundo já não mudará por causa da dupla moral dos seres humanos. apesar de tudo ainda falta depurar as Forças Armadas para que delas se tire a quantidade de corruptos que ali existem, razão pela qual porém ainda existem muitos narcotraficantes soltos nas ruas trazendo o mal à humanidade e criando seu próprio clã de riquezas. amimope o mundo está podre por culpa dos políticos que são uma calamidade de merda por isso estamos como estamos não apenas pelas drogas, mas por causa dos políticos que buscam que o mundo se torne assim tão feio. O que pode produzir um sistema que se encontra em decadência e portanto se manifestam com força as doenças sociais, o sistema em si é uma fábrica de delinquentes, uns caem e outros aparecem, um grande círculo vicioso até o fim do capitalismo. Não existe muita diferença entre estes delinquentes e a sogra da rainha Valeri Domingues que por uma fazenda de 777 hectares paga um imposto anual de 58.000 pesos em Ginebra Valle del Cauca. (Daniel Coronel) Bem, é verdade, se as riquezas não estivessem tão mal distribuídas e se não fôssemos tão ambiciosos, muitas coisas poderiam ser evitadas, por exemplo estas pessoas que trabalham para esses capos [narcotraficantes de gangues] o fazem porque gostam da vida fácil devido à sua ignorância. Os capos são astutos, eles sabem a necessidade do ser humano comum e se aproveitam disso, porque uma pessoa com seus sentidos e não sendo pressionada, com um estilo de vida normal e sobretudo inteligente não se meterá em algo que sabe que a saída é somente a prisão ou a morte…
Mas enquanto existirem pessoas ignorantes como os viciados em drogas haverá sempre pessoas dedicadas ao narcotráfico, com se diz quando há demanda há que se producir, que bobageira, enquanto eles se matam consumindo porcarias os outros ficam milionários… assim é a vida, os mais vivos vivem dos mais burros… tomem nota senhores… O problema do crime organizado é parte do status quo que dirige sociedades secretas para o mal da humanidade, porém também é certo que sem esses atores muitos mitos seriam derrubados. Como quem protege esses prisioneiros do narcotráfico que têm poder na cadeia; Que para eles é bom viver e para morrer nos diferentes confrontos entre Estados, como fizeram os EUA no Irã Gate e poderiam estar fazendo em outros países para benefício de grandes gangsters que fazem sua vida em diferentes países com seus paraísos fiscais e outros que protegem financiam os terroristas para o bem-estar dos gangsters internacionais. Há somente uma verdade em nosso país e é que toda nossa crise social deve-se nada mais nada menos que aos nossos governantes e políticos corruptos que desde muito antes de muitos de nós terem nascido já haviam sangrado nosso país. Essas pessoas desumanas com tantas comodidades, ganhando milhões, com sua casa ou casas, com fazendas (onde as terras são desperdiçadas), carros, muitos vinculados a grandes grupos empresariais não sei como lhes passa pela cabeça roubar, sangrar um povo com tantas necessidades. Não entenderam que em nosso mundo todos somos um e que, queiramos ou não, todos temos um vínculo, e o que fazemos cedo ou tarde veremos refletido em nossa sociedade, em nossas famílias, nossas ruas, bairros, cidades, em nosso país, em nossa natureza, na vida de cada um de nós. Às vezes penso que isso já não tem jeito, porém não, não há que se cair em erro, não se pode perder as esperanças de viver em um mundo melhor, faço um chamado para que cada um de nós utilize essa ferramenta que é a Internet para passar mensagens que com o transcorrer do tempo cheguem às pessoas indicadas para tomar as grandes decisões em nosso país e façam uma diferença na consciência delas e em cada um de nós.
essa é a vida do ignorante não sabem utilizar o que conseguem 35318. Fritanga e El Loco COLOMBIANOS: eu lhe peço que, para poder acabar com o mal que nosso país tem, façam o seguinte:
Políticos corruptos, militares, funcionários públicos e muito mais
Como é possível que nosso Povo continue acreditando em todos esses senhores indevidamente chamados Pais da Pátria prossigam enganando o povo colombiano.
Peço-lhes de coração que nas próximas eleições votemos em branco para ver o que vão fazer os indevidamente chamados Pais da Pátria. VIVA O VOTO EM BRANCO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES. para que querem tanto dinheiro se o dinheiro me permitisse viver por séculos o que os vampiros pensariam disso a verdade é que estes narcotraficantes são produto de um sistema falido desde o governo passado cheio de subornos tão secretos que ainda nem sabemos; enviar esses indivíduos para os Estados Unidos é a melhor solução, e não ter essas pessoas em prisões de segurança média; eles apenas trarão mais problemas em quaisquer cidades para onde sejam mandados Na Colômbia a injustiça e a concentração da riqueza em poucas mãos são a ordem do dia. A ilusão do dinheiro fácil: políticos corruptos montados no congresso dão exemplo e a corrupção estendida a todos os órgãos de controle serve de alento a muitos colombianos. Para acabar com a corrupção neste país teríamos que revelar pelo menos cem destes corruptos montados desde sempre no governo e em outras dependências, assim como as classes altas ladronas e corruptas de sempre. PARA O PAREDÃO E A JUSTIÇA OS MEMBROS QUE CONTINUAREM ROUBANDO... ELES SE CAGARIAM DE SUSTO E SAIRIAM CORRENDO... MAGNÍFICA MINHA IDEIA, CERTO? O QUE ACONTECE COM UM POVO SEM DIGNIDADE NEM AMOR PRÓPRIO, SUBMISSO E MASOQUISTA COMO O NOSSO, ALÉM DE GALINHAS COVARDES, QUE NÃO SERVEM SENÃO PARA VIOLAR MENORES E MALTRATAR AS MULHERES... NUNCA MAS NUNCA SAIREMOS DISSO.... ISSO EU LHES ASSEGURO.... CONSCIÊNCIA, POVO, CONSCIÊNCIA.... no passado a Colômbia não se importava com um território que não lhe pertencia, mas que era do Equador. por causa de tudo o que acontecia nesses departamentos, eles perderam o controle das coisas e agora querem tomar consciência depois de transformar muitos policiais e militares em novos ricos. o voto em branco não é a solução, porque os que votaram nas mesmas pessoas ou familiares que recebem os privilégios destes inescrupulosos corruptos de colarinho branco, que por anos seguem no poder contando os mesmos 20 votos de sempre para continuar no poder. é preciso renovar, colocar gente nova e vigiar mais de perto e aplicar toda a lei sem exceção. E, além disso, que alguém acabe com essa lei civil e penal, porque a civil é para os ricos e a penal para os pobres. ladrões........................ felicidades.....
Share