Colômbia apreende mais de 10,5 toneladas de entorpecentes

Colômbia apreende mais de 10,5 toneladas de entorpecentes

Por Julieta Pelcastre/Diálogo
abril 23, 2021

Em seis operações, a Força Pública da Colômbia apreendeu mais de 10,5 toneladas de drogas em várias regiões do país. No dia 11 de março de 2021, a Marinha, junto com o Exército e em coordenação com a Polícia, confiscou 561 quilos de maconha que estavam sendo transportados por dois indivíduos a bordo de uma embarcação no Rio Guapi, no estado de Valle del Cauca. Essa droga pertencia às dissidências das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, que pretendiam levá-la para a América Central, informou o Comando Geral das Forças Militares (CGFM) em um comunicado.

No mesmo dia 11 de março, a Polícia divulgou o resultado de uma operação realizada no porto de Cartagena, onde foram encontrados 712 kg de cloridrato de cocaína em um tanque separador utilizado na indústria petrolífera e que seriam enviados para o México em um contêiner.

Em seis operações, a Força Pública da Colômbia apreendeu mais de 10 toneladas de cloridrato de cocaína e maconha, entre os dias 2 e 11 de março de 2021. (Foto: Ministério da Defesa da Colômbia)

Em outra operação, a Polícia informou no dia 6 de março a apreensão de 4 toneladas de maconha que estavam sendo transportadas em um caminhão cisterna, no norte de Cauca. A droga estava escondida em uma carga de melaço.

No dia 4 de março, após vários dias de perseguição e manobras noturnas de infiltração, membros do Exército detiveram duas embarcações que tentavam descarregar 3.538 kg de maconha em 75 sacos nas águas do Rio Yarí, nos limites dos estados de Caquetá e Amazonas, informou o Exército em um comunicado.

“Essa operação representou a maior apreensão de entorpecentes já realizada no estado do Amazonas”, de acordo com um vídeo das Forças Militares da Colômbia. “Os dois criminosos que pretendiam levar a droga até o país vizinho do Brasil decidiram atirar-se no rio para fugir.”

Outro golpe contra as estruturas criminosas foi divulgado pelo CGFM no dia 2 de março, quando os agentes detectaram um indivíduo no litoral de San Juan, estado de Chocó, no momento em que ele escondia 915 kg de cloridrato de cocaína pertencentes ao grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional.

Nesse mesmo dia 2 de março, o Exército, a Polícia e a Procuradoria confiscaram 800 kg de cloridrato de cocaína em um estacionamento em Carepa, Antióquia, informou a CGFM. O carregamento de drogas, que seria transportado para países da América Central, pertencia ao grupo criminoso Clã do Golfo, acrescentou.

Entre janeiro e março de 2021, a força pública já apreendeu 56.797 kg de cloridrato de cocaína e 50.311 kg de maconha, de acordo com dados do Ministério da Justiça da Colômbia.

Share