Colômbia e Honduras se unem em matéria de educação

Colombia and Honduras Work Together on Educational Issues

Por Colombian War College
dezembro 29, 2016

O General de Brigada Juan Carlos Salazar Salazar, diretor da Escola Superior de Guerra (ESDEGUE), e o General Jorge Arnoldo Fuentes Hernández, reitor da Universidade de Defesa de Honduras, assinaram, no final de novembro, um convênio de cooperação acadêmica entre as duas instituições educacionais. Seguindo os princípios de harmonização e apoio mútuo entre os países latino-americanos, oficializou-se esse propósito de unir esforços entre a ESDEGUE e a Universidade de Defesa, voltados ao intercâmbio de alunos, docentes, pesquisas científicas e atividades de interesse comum, que permitam o máximo de aproveitamento do talento humano, infraestrutura e equipamentos, em programas de formação, capacitação e especialização. Do mesmo modo, esse propósito envolve o intercâmbio de informações sobre programas de pós-graduação e desenvolvimento de atividades e projetos conjuntos de investigação, que contribuam para a solução de problemas comuns de segurança e defesa das nações. No ato protocolar, o diretor da ESDEGUE lembrou a existência de fatores e ameaças transnacionais que são comuns à região e insistiu na necessidade de articular esforços para enfrentá-los. “Ninguém é capaz de solucionar os problemas sozinho, por isso necessitamos uns dos outros”, afirmou. De sua parte, o reitor da Universidade de Defesa comemorou a assinatura dessa cooperação e destacou a ampla experiência que a Colômbia vem tendo nesse campo. “Sabemos que os convênios com os países muito mais desenvolvidos do que Honduras são necessários. Por isso é necessário este convênio com a Colômbia”, assegurou. A Universidade de Defesa tem como missão formar, capacitar e especializar profissionais nas ciências militares, aeronáuticas e navais nas áreas de liderança, capacitação tática, técnica, administrativa e uma sólida formação ético-moral, para o planejamento da defesa de nossa pátria, o fortalecimento do Estado, a paz e consolidação da democracia. A Escola Superior de Guerra forma líderes estratégicos militares e civis nacionais e internacionais, para enfrentar os desafios à segurança e defesa, através de programas interdisciplinares de educação.
Share